20:31Angu do lixão tem empresa paulista

Olhaí a pista para a urgência da participação do governo do estado no consórcio intermunicipal. O deputado Geraldo Cartário (sem partido) informa que o esquema é para beneficiar uma empresa de São Paulo na concessão do novo aterro sanitário da Região Metropolitana. Segundo o deputado, uma imobiliária que pertence ao prefeito do município de Fazenda Rio Grande vendeu um terreno por R$ 7 milhões para esta empresa de São Paulo do ramo de lixo. O deputado desconfia que a urgência para o projeto que permite ao estado participar do Consórcio Intermunicipal para Gestão dos Resíduos Sólidos Urbanos é sinal de “coisa marcada”. Para ele, a empresa pagou todo esse valor pelo terreno pois já estaria “garantida na concessão do lixão”. “O município de Fazenda Rio Grande já está garantido para receber o lixo da Região Metropolitana. Só resta saber se o IAP recuou em sua posição. Há dois anos eles vetaram a construção de um lixão no município. Quero saber se o IAP participou desse negócio vergonhoso liberando a área”, concluiu. Um requerimento pedindo informações ao IAP sobre a liberação da área foi apresentado, mas teve sua discussão adiada para a sessão desta terça-feira.

Uma ideia sobre “Angu do lixão tem empresa paulista

  1. Canadian

    Isso se o Sergio Moro, o Bertholdo e o Tony Garcia não ficarem pra eles. O Tony, amigo do Beto Richa, é quem está articulando o acerto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *