6:45Votação na Ópera

O pacote fiscal do prefeito Rafael Greca será votado – e aprovado, na segunda-feira em sessão marcada para o palco da Ópera do Arame, conforme decisão dos vereadores sacramentada na sessão extraordinária realizada ontem à noite. A sugestão foi da Secretaria da Segurança. Pensando bem, tem a ver, porque, pelo menos, fica mais difícil a deflagração do espetáculo da invasão e violência.

2 ideias sobre “Votação na Ópera

  1. joao marcos

    O nosso Ator Rafael Greca, que possui grande habilidade de ilusionista, ao deparar com a realidade, não soube explicar, se está difícil prá você, deixa que eu faço. Está sofrendo um desgaste ao tentar aprovar medidas que retroagem direitos e lutas de várias décadas. Ora, a prefeitura está impondo uma situação atráves do plano diretor de usurpar que toda construção vertical, acima da primeira laje, terão de comprar potencial construtivo. Trocando em miúdos, futuras aprovações no espaço aéreo da cidade, pertencem ao município, paguem para exercerem o direito. Quando esta medida entrar em vigor os problemas de caixa do município deixarão de existir. Estas medidas irão expulsar os construtores para região metropolitana.

  2. Maringas Maciel

    A Câmara Municipal de Curitiba demonstra que pode e deve ajudar a sanar as finanças da Prefeitura. Teve um ano que a Câmara devolveu para a Prefeitura um dinheiro economizado. Agora, com essa primeira assembleia realizada fora do Palácio Rio Branco, a Câmara Municipal de Curitiba vai usar como teste para que as assembleias sejam todas itinerantes; um dia na Ópera de Arame, noutro dia no Teatro do Paiol, no Teatro da Reitoria, etc… inclusive as assembleias futuras deverão ser feitas na base da permuta: no Costelão do Catarina, no Bar Mignon, na praça de alimentação do Shopping Total, etc… etc…
    Os Vereadores trabalharam em casa e se encontrarão no lugar marcado para deliberarem sobre os importantes assuntos (nome de rua, título de cidadão honorário) para os quais são pagos pelo contribuinte.
    A Câmara deve vender sua sede para a iniciativa privada e o dinheiro arrecadado entrará no caixa do Waldomiro para que ele possa contratar mais um monte de comissionados. Inovação: teu nome é Curitiba!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>