16:20Playboy

O ninho tucano já escolheu o mote para os últimos dias de campanha, pelo menos na Região Metropolitana. Vão explorar a escorregadela infeliz do senador Osmar Dias que, no debate de ontem, disse que na Região Metropolitana deve ter só playboy. A frase, aliás, já foi parar no Youtube. Confiram: 
http://www.youtube.com/watch?v=hUs684WVQek

5 ideias sobre “Playboy

  1. Salma

    Censura não tem partido (2)
    Data: 29/09/2010
    Veículo: FOLHA DE S. PAULO – SP
    Editoria: OPINIÃO
    Jornalista(s): FERNANDO RODRIGUES
    Assunto principal: POLITICA
    Tamanho
    da fonte A – A +
    Veja a matéria no site de origem
    BRASÍLIA – Um sinal claro do atraso institucional do país é a onda de censura à imprensa por meio judicial. Não há coloração partidária nesse movimento regressivo. Forças aliadas ao PT e ao PSDB recorrem ao expediente.

    Na semana passada, foi o candidato ao governo de Tocantins pelo PMDB, Carlos Gaguim. Ele foi à Justiça e conseguiu censurar previamente a imprensa de seu Estado. Impediu a divulgação de uma investigação criminal na qual seu nome aparecia dezenas de vezes.

    A pressão foi grande. O próprio Gaguim recuou, e o TRE tocantinense cumpriu seu dever e eliminou o desrespeito à Constituição. Nunca é demais lembrar que o candidato do PMDB em Tocantins é apoiado por Lula e por sua candidata ao Planalto, Dilma Rousseff.

    Agora, surgiu outro caso. Seria algum petista ameaçando a liberdade de expressão? Nada disso. Trata-se de Beto Richa, um jovem tucano aliado de José Serra e um dos que supostamente modernizará o PSDB a partir do ano que vem.

    Candidato ao governo do Paraná, Richa pediu à Justiça na semana passada que censurasse a divulgação de uma pesquisa do Datafolha no Estado. Alegou que o instituto não informa suas ponderações estatísticas. A ausência desse cálculo bizantino levou o juiz auxiliar do TRE paranaense Nicolau Konkel Júnior a atender ao tucano.

    Não satisfeito, Richa pediu novamente a censura de uma outra pesquisa que está sendo realizada nesta semana pelo Datafolha. Novamente, o juiz Konkel Júnior decidiu a favor do tucano.

    Os pedidos de Richa coincidiram com um momento delicado em sua campanha. Há cerca de dez dias ele passou a perder pontos para Osmar Dias (PDT). O tucano não teve pudor. Partiu para a censura. Ajuda assim a ilustrar como é generalizado e sem ideologia partidária o atraso mental no meio político brasileiro quando se trata de conviver com as diferenças ou más notícias.

  2. ZN

    Quem realmente é da periferia sabe que playboy é quem mora no Batel, e que o cara se enganou.
    Playboy é quem tem grana, quem mora na RMC não vai se ofender com isso porque sabe oq é ralar pra ganhar um salário minimo.

    falo!

  3. Parreiras Rodrigues

    ZN: Eu não moro no Batel, não tenho grana, beiro os 70 e sou play-boy. Gosto dos Beatles e dos Rolling Stones. Detesto guerras. Detesto discriminações e intolerâncias, todas.
    Traduzido play é brincalhão, que gosta de alegria, de ver todo mundo feliz.

  4. Cida

    Playboy é uma revista…(rs)
    Playboy é um estado de espírito
    Playboy não é cawboy, mas pode vir a ser…
    Cawboy não é playboy, mas pode vir a ser…
    Um cawboy pode ter um playboy dentro de si…
    Um playboy pode ter um cawboy dentro de si…
    eeh

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>