17:36OBERLAN ROSSETIM

Eu tenho um corpo

Esse corpo tem uma alma
Nessa alma há o que eu não posso saber
Dentro desse desconhecimento um dizer além da minha língua reside
Nesse dizer há um desejo
Esse desejo contém uma angústia
Essa angústia carrega um Silêncio
No Silêncio nada há
O nada comporta tudo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>