14:45O último samurai

leojapa

Newton Ishii, o ‘japonês da Federal’, fez ontem um extra na condução de presos. Na foto com Leo Pinheiro, presidente afastado da OAS, reconduzido ontem para prisão provisória.

___________________________

ROGÉRIO DISTÉFANO

Formato guardanapo

O jornalão ficou tão fino, estreito e curtinho, que já é jornalinho. Desse jeito ainda será impresso em formato guardanapo de lanchonete, aqueles que saem da caixinha de mola.

Pintos no lixo

Prefeito petista, aquele de raiz, é que nem pinto, adora ciscar no lixo. Vejam o herói do impeachment, senador Lindbergh Farias. Está com os bens bloqueados pela Justiça, suspeito em contrato de limpeza e coleta de lixo quando prefeito de Nova Iguaçu (RJ).

Aconteceu assim, de pancada, cinco dias depois do golpe e um dia depois de reviver o cara-pintada grisalho em São Paulo. Prefeito-pinto-petista tem duas chances, uma, ser Antonio Palocci, outra, Celso Daniel. Lindbergh é Palocci. Um sofre, o outro goza.

Coisa de companheiro

Na manifestação de domingo em São Paulo bateram a carteira do ex-senador Eduardo Suplicy, arroz de passeata. Não foi coisa de baderneiro, não. Foi coisa de companheiro.

Pai nosso

Lula recusa-se a depor a Sérgio Moro sobre os presentes recebidos como presidente (aqueles que do acervo do Estado, levados em caminhão da Odebrecht para depósito de Lula pago pela empresa).

Não reconhece competência ao juiz da Lava Jato para julgá-lo. Tem razão. Ninguém tem competência para julgá-lo, nem no Brasil, nem no tribunal de Haia. Nem Deus, no Juízo Final, ousaria fazê-lo.

Preliminares

Malia, a filha do presidente Barack Obama, agora na universidade, foi flagrada com algo parecido com um baseado. Se a menina não traga, qual o problema? Assim ensinou o presidente Bill Clinton, tanto sobre o fumo quanto sobre o sexo. Pode tudo, mas fique nas preliminares.

Briga de eys

O juiz federal Vallisney Oliveira, que despacha no processo da roubalheira dos fundos de pensão durante os governos petistas, proíbe os irmãos Joesley e Wesley Batista de participar dos conselhos das empresas JBS/Friboi, controladas por ambos e envolvidas em negócios com os fundos. Não adianta dizer que Vallisney tem inveja dos belos nomes Joesley e Wesley, ‘eys’ como ele.

Friboys

“Meu nome é Gracielle, com ‘i’; ‘y’ só em nome de pobre”. Gracielle, doce, simpática e rechonchuda, adora costela, churrasco e linguiça, não conhece os Friboys, Wesley e Joesley.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>