8:49O jogador que recusou a seleção de 70

Ontem, no programa Bola da Vez, da ESPN, mestre Coutinho revelou que, depois de parar de jogar aos 25 anos, um dia foi procurado por João Saldanha, técnico que montou a seleção brasileira que depois ganharia o tricampeonato mundial no México em 1970. Ele queria o centroavante ao lado de Pelé. Coutinho desconversou, disse que preferia ficar jogando pelada na praia. Ele tinha começado a jogar no time profissional do Santos com 15 anos e tinha pendurado as chuteiras por não ter mais saco de atuar profissionalmente. Personalidade forte, Coutinho tentou ser técnico de futebol, mas desistiu porque cansou de ouvir jogador meia-boca dizer, ao ouvir seus conselhos, “Isso eu sei”. No programa ele contou que deve muito ao grande Pagão, a quem substituiu no Santos. Revelou que antes dava muito bico na bola, batia com força. “Eu queria me livrar da bola. O Pagão me ensinou a olhar a perna do goleiro, não o gol, e colocar a bola. Nunca mais dei um bico”. E se consagrou, mesmo porque, para jogar ao lado e acompanhar o raciocínio do Rei, não era pra qualquer um.

Uma ideia sobre “O jogador que recusou a seleção de 70

  1. Zangado

    Pouco ouvimos sobre a arte dos mestres, a maioria dos repórteres esportivos não tem percepção do que perguntar a um mestre da bola como Coutinho, perguntam obviedades e não nos revelam os grandes segredos da arte que praticaram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>