7:10O INSULTO DIÁRIO

Se segura

Michel Temer assegura que neste ano teremos horário de verão. Ou seja, Michel Temer se segura até o verão.

Só falta a rainha

O primeiro ministro cai quando perde o voto de confiança do parlamento. O técnico do futebol brasileiro cai quando perde o voto de confiança dos torcedores.

Nosso futebol é tipo parlamentarista. Só não tem rainha, como a Inglaterra. É por isso que o futebol inglês é tão bom, mesmo com tantos jogadores brasileiros?

Dama da Central

Ainda comparando com o estrangeiro, a Alemanha tem Angela Merkel, a Inglaterra, Theresa May, para ficar nas mais faladas. E o Brasil tem Gleisi Hoffmann, nossa dama da Central, que canta Lula e não conhece Noel. No barraco dá de dez na Merkel e na May.

Improbos macróbios

Sérgio Cabral só poderá voltar à política quando fizer 80 anos, contados tempo de prisão e prazo de inelegibilidade. Não elimina o risco. José Sarney e Edson Lobão passaram dos 80 e ainda aprontam. Michel Temer está chegando lá.

Freio de arrumação

O presidente do São Paulo agrediu um conselheiro do time após a derrota de ontem, 3×2, em casa, contra o Corinthians. Não resolve, mas põe algumas coisas no lugar. É o que falta no Supremo. Assim tipo um chega-pra-lá em Gilmar Mendes.

Conversa ociosa

‘Folgo em sabe-lo’. Alguém sabe o que significa o ‘folgo’? É ficar feliz. E a ‘placa alusiva’? O alusivo só se usa na placa, mas significa aludir, fazer referência.

No Brasil tem palavras usadas para um único fim, esquecidos outros significados. Coisa nossa, cultural.

Folgo em saber que os lusitanos usam o ‘inclusivamente’ tanto quanto os brasileiros o ‘exclusivamente’. E nada de vice-versa.

Na contramão

O governador Beto Richa sanciona a lei que libera venda de cerveja nos estádios. Vai dar dinheiro, imposto, polícia e contribuição eleitoral.

Discriminação contra nós, amantes de destilados. Por que não liberar pinga, vodca, rabo-de-galo, underberg com bitter, fogo paulista?

Beto pode ser um bom piloto lá nas carreiras dele. Mas na política só dirige pela contramão.

Picanha fatiada

A câmara dos deputados fatia a denúncia contra Michel Temer. Fatiada, só a picanha. Denúncia fatiada vem temperada com dinheiro. E não é da Friboi. É de você, eu e do resto do rebanho.

Investimento

Para pôr fim à encrenca dom Neymar, o PSG teria oferecido um milhão de euros para que Edinson Cavani desistisse de cobrar pênaltis. Se o Brasil desse esse valor para os políticos ficarem quatro anos em casa seria uma economia e tanto, até um investimento para o país.

The new Dodge

Na posse do novo Conselho Nacional do Ministério Público, Raquel Dodge, a procuradora geral da República, não deu um pio sobre a Lava Jato. Preferiu discorrer sobre o totalitarismo, perigo que assola o mundo de hoje.

Nosso bravo e onipresente MP vai abrir fogo contra Kim Jong-un, Raul Castro e Nicolás Maduro? Assim para apagar a biografia de Rodrigo Janot, o antecessor. E agradar Michel Temer e Gilmar Mendes. (Rogério Distéfano)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>