9:59O Atletiba e as cabeças errantes

por Sergio Brandão

Estão criando ou começando a criar confusão para mais um Atletiba. E pela primeira vez os seus organizadores, e agora a Justiça, são os principais responsáveis por isso. Eu nunca fui e nunca seria a favor do Atletiba de uma torcida só. Onde já se viu o maior clássico do futebol paranaense acontecer com uma torcida única? Mas agora que já fizeram a “caca” no primeiro turno, pensaram melhor e parece que estão propensos a decidir que não querem mais que seja assim no segundo turno.  E mais uma vez os que mandam no futebol paranaense, que determinam regras, e até os que escrevem sobre ele, erram de novo. No mínimo não ajudam em nada com mais uma decisão ou opiniões absurdas sobre o assunto. Por que antes sim e agora não? Justamente agora, no andar da carruagem, decidem que a “burra” decisão não vale mais?  Porque no primeiro turno o jogo foi na Vila Capanema e agora é no Couto Pereira? Qual é o critério para a decisão? Certamente são critérios diferentes. Um para o primeiro e o outro para o segundo turno. Talvez o principal seja o tamanho do estádio? Até aí até dá pra entender e as coisas fazem algum sentido porque prevalece a segurança de todos os torcedores, independente de ser coxa ou atleticano. Mas, lamentavelmente para alguns, e especialmente para os que provocam as grandes confusões com grandes consequências, não é assim que pensam. O torcedor Coxa, que não foi ao primeiro Atletiba do ano, agora espera o mesmo tratamento também ao seu rival. Isso é futebol, isso é rivalidade. Foi acordado na época. Por que valia e agora não vale mais? O torcedor menos avisado não quer saber se é justo ou não. Se foi a Justiça, a Federação ou a polícia que decidiu assim. Erraram uma vez e vão errar mais uma. O torcedor, aquele cara passional, quer o mesmo tratamento dado ao seu rival. Parece que falta um pouco de psicologia a todos. Aos que organizam, que cuidam e escrevem sobre o nosso já capenga futebol paranaense. Um dia, quando todos pensarem assim, conseguirem antever, pensar com a cabeça do torcedor, provavelmente será o começo do fim da violência nos estádios e fora deles.

4 ideias sobre “O Atletiba e as cabeças errantes

  1. Felipe

    Caimos todos, como sempre, o conto do coronel. Alguém alguma vez viu MCP jonrar sua palavra? A ideia idiota, defendida por pessoas mais idiotas ainda, de que o clássico com uma torcida só daria certo, foi o absurdo dos absurdos. Sou contra o clássico de uma torcida só, mas acho que agora a coisa tem que ser reciproca.

  2. Sonolento

    A bronca é contra a decisão do jogo do primeiro turno ou contra o fato de que deveria ocorrer uma suposta isonomia? Ser contra a torcida única mas pregar reciprocidade também não seria uma forma de idiotice?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>