20:04Na estrada

A criança que fui chora na estrada. Deixei-a ali quando vim ser quem sou. Mas hoje, vendo o que sou é nada, quero buscar quem fui onde ficou. (Fernando Pessoa)

 

Uma ideia sobre “Na estrada

  1. Sergio Silvestre

    Olhando os juazeiros secos ,olho para meu embornal e encontro um naco de carne -seca e um pedaço de rapadura.Da para caminhar mais mas léguas,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>