9:20JORNAL DO CÍNICO

Do Filósofo do Centro Cívico

Os revoltados da Praça do Japão ainda não subiram no telhado do pagode para protestar porque preferem ficar na proteção daqueles apartamentos de quarto e sala onde caberiam os 36 mil passageiros dos ônibus que vão circular diariamente por ali. Falam em falta de estudo do impacto ambiental. Seria bom mesmo que fosse feito pelos órgãos competentes para saber o quanto atrapalham os latidos que ali se ouve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>