18:24JORNAL DO CÍNICO

Do Filósofo do Centro Cínico

Os maconheiros brasileiros sustentam um regime de semiescravidão no Paraguai, informa a Gazetona. Quem gosta de dar um tapa na macaca, empinar um papagaio, dar uma bola e segurar a onda até os pulmões pedirem arrego, tá nem aí com isso. No máximo pode dizer que, para compensar, ajuda os trabalhadores brasileiros porque, na larica, comem tudo que encontram na geladeira – feijoada, doce de abóbora e fettucine a carbonara, tudo bem misturado, por exemplo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>