7:46Imperial e tal

O deputado federal Ricardo Barros informou ontem à noite que colocou o nome dele à disposição do Progressistas para disputar a eleição a presidente da República. Cada um, cada um, mas como a mulher dele, a governadora Cida Borghetti, disputa a reeleição no Paraná, e a filha, Maria Vitória, vai tentar permanecer deputada estadual, chega-se à conclusão que a família imperial de Maringá é isso aí mesmo.

O pronunciamento do deputado:

Caros colegas progressistas.
Neste momento da vida pública brasileira, coloco meu nome à disposição do partido para uma candidatura à presidência da república.
Estou completando 30 anos de vida pública.
Prefeito de Maringá, PR, cinco mandatos de deputado federal, relator geral do orçamento, secretário de indústria e comércio do Paraná, ministro da saúde.
Uma trajetória de gestão eficiente e comprometimento. Tenho consciencia que estamos próximos à decisão, mas também sei que há uma oportunidade de ocupar o espaço que ainda é procurado por diversos partidos que buscam uma candidatura de centro para apoiar. Peço a todos os progressistas que avaliem este gesto de desprendimento com o qual inicio este debate. Ricardo Barros deputado federal. Muito obrigado

Uma ideia sobre “Imperial e tal

  1. Sempre

    https://maringapost.com.br/angelorigon/2018/07/11/a-fake-news-do-ano/#more-217646

    “… *Além disso, o nome de Barros teria sido citado numa recente operação da Polícia Federal realizada em Maringá, a Operação Interferência, que apura suposto esquema de estelionato. Os autos tramitam em segredo de justiça.*”

    https://maringapost.com.br/angelorigon/2018/07/11/ricardo-barros-agora-quer-ser-candidato-a-presidente-da-republica/#more-217642

    https://maringapost.com.br/angelorigon/2018/07/12/pp-negou-cmo-a-barros/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>