14:31Fim de namoro

Do enviado especial

O namoro entre o PSB e Osmar Dias está praticamente acabado. Tudo porque o pai da noiva – ou seja, o governador Beto Richa, líder indireto do PSB do Paraná – não quer de jeito nenhum que o partido apoie a candidatura do ex-senador. A pá de cal foi a posição radical de Osmar na questão da BR-369, cuja “pedra fundamental” da duplicação no trecho do Norte Pioneiro foi lançada na sexta-feira passada por Richa. Segundo o ex-senador, nenhum caminhão “passa por pedra fundamental” – e o governo estaria debochando da população. A fala pegou mal entre os defensores da aliança, em especial o deputado Luiz Claudio Romanelli, que é da região, e o deputado Valdir Rossoni, que no passado recente andou conversando bastante com Dias. A paulada do pré-candidato do PDT também marca uma guinada no seu discurso, que passa a ser oposição e mais próximo a Roberto Requião. Mas, como política é nuvem, até o dia 7 de abril tudo pode mudar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>