16:40Escola sem partido

Do deputado Péricles Mello (PT) sobre a discussão do projeto da “escola sem partido”

- Me oponho frontalmente ao ‘escola sem partido’ porque é pior do que o ato da ditadura. O ato 477*, pelo menos, era claro; se falar mal do governo, se danificar o prédio (da escola), se organizar passeata ou qualquer subversão da ordem, a pena era de processo sumário e perda da cátedra por parte de professores e expulsão no caso dos alunos. Ou seja, as pessoas sabiam o que podiam fazer e o que não podiam. Já no projeto da ‘escola sem partido’ o professor sequer sabe o que pode ou não fazer.

- No ‘escola sem partido’ se estabelece a possibilidade de uma delação secreta, que é o pior dos mundos. A escola tem de ser o lugar da liberdade de todos os partidos, o lugar onde há a disputa de ideais diferentes. Não pode ser o lugar da punição, da escravização. Vamos lutar por uma escola onde todos os partidos frutifiquem, uma escola cidadã, uma escola da liberdade, não uma escola autoritária onde o medo e o terror façam parte do seu cotidiano.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>