14:04Elogio ao careta

História curitibana. Dois velhos amigos se encontram numa festa, depois de anos. Na saída, o mais velho diz, já meio calibrado pelo que bebeu dentro do salão:

- Te admiro muito. Você não precisa de droga nenhuma para ser maluco.

O outro olha e concorda, mesmo porque há décadas é movido a água e suco.

Então, o que fez o elogio saca um pequeno baseado do bolso interno do do casaco, acende e fuma, tragando firme, enquanto o olhar embaça.

 

Uma ideia sobre “Elogio ao careta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>