12:26É tudo? É nada? E cadê os profissionais?

Do Goela de Ouro

Quando a candidatura de Beto Richa ao Senado era mais certa e clara do que o apetite de Ricardo Barros, ou seja, do meio até o fim do ano passado, dois profissionais de uma produtora de vídeo passaram a andar para cima e para baixo com ele, para  gravar e registrar todas as cerimônias de entrega de obras e eventos. Eles sugeriam os  tchauzinhos e os  “joinhas” para ele na hora de cumprimentar as pessoas – e também para sorrir para as câmeras, a fim de guardar aquelas imagens típicas de programa eleitoral. Estranhamente, neste ano os dois não  foram mais vistos. Hoje, por exemplo, na entrega de uma penca de viaturas e de um helicóptero para as polícias, apenas as equipes da TV estatal É-Paraná e das redes sociais do governo estavam lá. O que isso quer dizer? T udo… ou nada… mas está mais para o tudo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>