16:33Biografáveis não afáveis

por Fraga

São as contradições da nossa época: só biografados sem autocensura se acham no direito de censurar biografias. Biografáveis não afáveis

As livrarias dão o maior espaço para as biografias. Livreiros sabem como os leitores adoram ficção. 

Biografia é isso que a gente vai fazendo quase sem sentir e, ao final, sente muito.

Autorizar biografia só combina com dois tipos de biografáveis: os autoritários e as autoridades. 

Algumas autobiografias podem fazer tanto sucesso comercial que acabam virando livros de autoajuda.

Um dos piores pressupostos é o da autobiografia: todo autor crê que todo mundo está tão interessado no assunto quanto ele. 

A memória é muito importante nas biografias e autobiografias. Ela serve pra gente lembrar de não ler ou pra esquecer que leu.

Certas autobiografias ilustram bem a incongruência humana: pessoas que não se enxergam expondo sua visão de vida. 

Biografia com foto é um livro fácil de julgar pela capa, já que muito biografado não tem miolo.

Celebridades costumam pagar fortunas a biógrafos profissionais. É o preço da certeza de receber um livro melhor do que a encomenda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>