9:16A verba e o fim

O “fundão público” vai confirmar o que já foi escrito aqui várias vezes sobre o destino do PMDB do Paraná. Quem não saiu do partido por causa do comando de Roberto Requião, agora corre risco de ficar à míngua, pois a distribuição da verba é do presidente estadual. Nota publicada na Gazetona cita os casos dos deputados federais Osmar Serraglio, Sergio Souza e do ex-governador Orlando Pessuti, este com 50 anos de filiação e que anuncia ter como opção mudar de agremiação política, que já botam a boca no trombone. Requião, pra variar, não vai mudar um milímetro de sua determinação que, agora, mais parece com a do grande líder que, como ato final de uma longa e vitoriosa carreira política, não se conforma com a decadência e quer fazer o papel de grande coveiro.

Uma ideia sobre “A verba e o fim

  1. Zé Ninguém

    kkkk bem diz o ditado, quem ri primeiro ri melhor. Agora os veteranos do velho de guerra vão ter que se sujeitar às loucuras de Maria Louca. Mas macacos velhos como os citados com certeza já tem o seu curral eleitoral consolidado? Ou não? Se não é porque só são velhos, sem a esperteza do macaco .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>