7:09A ninguenzada e o novo messias

Jair Bolsonaro, capitão da reserva do Exército Brasileiro e deputado federal, não precisa de partido grande, nem de tempo na tv, para ser forte candidato à presidência da República na eleição do ano que vem. Como tem acontecido onde aparece, não é preciso um chamamento para uma multidão ir até ele como se visse ali o novo messias da salvação do Bananão, como aconteceu com Lula da Silva. Se for eleito, Bolsonaro vai enquadrar toda a ninguenzada e comandar a ordem unida. A turma que manda, ou seja, a da grana, a do andar de cima, do mercado, ele já está alisando, como vai fazer com a saliva a ser despejada na matriz EUA, onde desembarcou ontem. Se ungido pelo voto, dará a ordem: quem não obedecer, paga. Se assumir o comando geral, vai abolir o “descansar!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>