6:39A hora é de tristeza (e de vergonha)

por Célio Heitor Guimarães

Aconteceu o esperado. Mais que isso: o inevitável. Lula da Silva levou de 3 x 0 no TRF de Porto Alegre. Com um agravante: os nove anos e meio aplicados por Sérgio Moro foram ampliados para doze anos e um mês de reclusão pelos julgadores de segunda instância. Unanimemente.

E vamos fazer o quê? Sair por aí gritando, batendo palmas e panelas, soltando foguetes? Nada disso. Pode não parecer, mas, mesmo para os não-lulistas, para aqueles que têm raiva dele e torciam pela sua condenação, o momento é de tristeza. E de vergonha. Afinal, há um ex-presidente da República a caminho da prisão pela prática criminosa de corrupção e de lavagem de dinheiro. Por ordem ditada e confirmada pelo Judiciário. Como ficamos todos aos olhos do mundo? Se, de um lado, o fato demonstra que as nossas instituições estão funcionando, de outro, revela o tipo de gente a quem costumamos entregar o poder. Afinal, o apenado é líder das pesquisas para um terceiro mandato presidencial…

Luiz Inácio não foi o primeiro presidente da República do Brasil a cometer ato (ou atos) de corrupção. Nem será o único. Ele apenas descuidou-se e sonhou alto demais. Confiou na centenária impunidade brasileira e achou que era mais esperto do que a esperteza. Deu-se mal.

Nessa hora, lembro-me do meu amigo Mário Montanha Filho. Petista de carteirinha, militante ativo, sincero e bem intencionado, assim que surgiram os primeiros desvios de conduta de Lula presidente, Mário desabafou:

“Ao conduzirmos o ex-sapo barbudo à presidência, sabíamos que não estava em curso uma revolução. Cumpriríamos uma etapa, apenas. Mas, de repente, começamos a ver a destruição de nossos sonhos. A marcha neoliberal segue impávida. E o neo-sapo foi elevado à condição de estadista bem-comportado. Talvez seja melhor assim. Se a moral dos ‘vencedores’ não tem mais nada a ver conosco, então podemos nos sentir livres”.

Em seguida:

“A cada dia, a minha opinião sobre Lula fica mais apagada. Às vezes me parece que ele deixou de existir. De uma certa forma, acho que é isso mesmo. A imagem de um líder barbudo que nos emocionava com discursos carregados de simplicidade  e  conteúdo  revolucionário está distante. O que sobrou foi um senhor enquadrado no mundo das instituições, das regras e dos bons costumes, acondicionado em ternos de um cinza comum. Um fazedor de frases vazias, tolas, arrogantes. Nada mais. Não tenho por ele a mesma repulsa que ainda hoje me provocam os presidentes anteriores, generais sombrios, burgueses exibicionistas ou intelectuais colonizados. Também não me situo entre os seus inimigos figadais. Sei apenas que deixamos de ser companheiros. Paciência, a vida e a luta continuam.

E ainda:

“Isolado na minha simplicidade, vejo o mundo de cabeça para baixo. Estranhamente, continuo a fazer as mesmas coisas que fazia antes de 1º de janeiro de 2003, quando o Brasil se encontrou em Brasília para saudar o operário que virou presidente da República. Não enxergo motivos para rejeitar as minhas ideias, por mais velhas e confusas que sejam. Tampouco me disponho a jogar no lixo o que eu disse ou gravei nos arquivos da memória.”

Não foi você que mudou, meu estimado “Da Montanha”. Nem eu. Continuamos, talvez ingenuamente, com os nossos velhos sonhos. Quem mudou foi Lula. Ou ele apenas revelou a sua verdadeira face.

Outro petista histórico, César Benjamin, conta que o então companheiro-presidente, quando assumiu o governo, encontrou montada uma forma espúria de organização do poder político e, em vez de lutar contra, como era a sua obrigação moral, adaptou-se a ela. Fez mais, digo eu: serviu-se dela, ampliou-a, adequou-a aos seus interesses pessoais, aos interesses de familiares e do seu grupo político, com o objetivo de perpetuação no poder.

Deu no que deu.

3 ideias sobre “A hora é de tristeza (e de vergonha)

  1. joao

    Vamos dar ao Lula a prerrogativa da DELAÇÃO, quiçá uma redução da pena. A cabeça deste homem tem páginas impublicáveis, e tornou se amaldiçoado, contrario ao toque de midas, agora quase todos negam conhece lo. A foto da sua escudeira, estupefata, sem acreditar e, ainda que o exercício de senadora lhe dá privilégios, a ficha começa a cair. Enfim, um Brasil reage para ser aceito na comunidade internacional, visto que vivemos na selvageria da política totalmente corrompida.

  2. Parreiras Rodrigues

    Se me permitem o Montanha e o Benjamin, torno meus os seus sentimentos. Continuo esbravejando contra as injustiças sociais, contra a exploração do Homem pelo Homem, contra o submissão à interferências estrangeiras perniciosas à soberania pátria, contra a política espúria, nojenta e imunda do é dando que se recebe, etc, etc, etc. E diante da fétida passagem do vigarista Lula pela presidência da República, seguida pela sua estúpida preposta, perfilo-me ao lado dos testemunhos dos dois desiludidos acima citados. O também desiludido, Parreiras.

  3. Sergio Silvestre

    Estava no litoral catarinense na semana passada e lá ao largo na frente de banhistas passa um enorme barco com linhas arrojadas com a imponência de um iate de milionário Grego.
    Conversando com alguém da Marina ele me disse que o barco é de um famosos ex-deputado paranaense hoje lotado no TC.
    Ai me lembrei do maior criminoso do Brasil que pode ser preso e acorrentado tál a ira da PF da justiça e dos políticos por ele ter tirado 30 milhões de pobres da miséria absoluta e ter assinado todas as leis para combate a corrupção coisa que nenhum presidente fez antes,e com isso estava acabando com os esquemas do PSDB PMDB PP e outros.
    Esse mesmo Lula que carrega uma caixa de isopor nas costas numa praia onde ele presidente poderia gozar das maravilhas que gozam por exemplo esses desembargadores,Juízes ,procuradores e afins.
    Eu vejo na população do SUL um ódio talvez oriundos de irmandades que sempre deram pitacos na politica e contribuirão muito com isso que está acontecendo a 500 anos.
    Quando a maioria dos filósofos,pensadores ,escritores ,músicos e poetas estão com asco do que está acontecendo com o Lula,mais eu admiro esse sujeito,até um pouco imbecil,por que com 72 anos vive ai rouco,suando muito e não está aproveitando a fortuna que dizem ter roubado,e o que me intriga,o Lula tem uma irmã em Goias que deve receber bolsa família de tão humilde e simples que é,talvez tenha aqui alguém para acionar o MP para dizer ao mundo que o Lula que sugeriu dar essa fabula para sustento da irmã,e o mais engraçado,qual parente o Lula empregou.Até nisso o homem foi correto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>