15:20Greca consegue na Justiça a suspensão da sindicância sobre sumiço das peças de arte da Casa Klemtz

Da assessoria de imprensa de Rafael Greca:

TJ suspende sindicância da Prefeitura por abuso de poder político

O Tribunal de Justiça do Paraná suspendeu a sindicância da Fundação Cultural de Curitiba, que acusava injustamente o candidato da Coligação Curitiba, Inovação e Amor, Rafael Greca, por suprimir peças de artes da Casa Klemtz. A juíza Cristiane Santos Leite, da 4ª Câmara Civil do TJ, acatou o recurso de Greca, que classifica o ato administrativo da gestão de Gustavo Fruet, como “abuso de poder político”.

No despacho, a juíza entende que a sindicância, criada pela Fundação Cultural de Curitiba, “não pode ser utilizada como instrumento de favorecimento ou prejuízo a nenhuma dos candidatos que disputam as eleições municipais de 2016, em possível desvio de finalidade ou abuso do Poder”.

A juíza estranha que a demora da prefeitura em abrir sindicância tão logo soube do desaparecimento das obras de artes. No processo questiona que desde 2001, foi constatado o desaparecimento de peças da Casa Klemtz. A administração de Gustavo Fruet fez levantamento em 2013 e o documento da falta dos objetos ficou em posse do presidente FCC, Marcos Cordiolli, que não abriu sindicância, alegando estar ocupado com outros eventos, como a Copa do Mundo.

No despacho, a juíza entende que é preciso rever o laudo apresentado pela Prefeitura. Ela também determinou a suspensão da sindicância e que Prefeitura não possa adotar nenhum outro ato administrativo até o julgamento do mérito desta ação.

7 ideias sobre “Greca consegue na Justiça a suspensão da sindicância sobre sumiço das peças de arte da Casa Klemtz

  1. leandro

    Devem ser valiosas as tais peças, o cara não abre a chácara, não mostra mais fotos. manda prender guardas municipais, não vai prestara esclarecimentos na sindicância e agora consegue a liminar para paralisação da investigação. Aí tem e tem muita estima valorosa.
    Se não houvesse boi na linha, deveria mostrar as tais peças a todos e assim sair na boa, mas estas atitudes só levam à desconfianças. “Volta Greca e abre a porta da chácara.”

  2. Maringas Maciel

    Só pra lembrar que, quando o Greca saiu da Prefeitura levando obras de arte que pertenciam a Fundação Cultural de Curitiba, a ‘minha Margarita’ deixou de ser Primeira Dama e passou, imediatamente, a ser Presidente da Fundação Cultural de Curitiba. Não é difícil de adivinhar o motivo do roubo não ter sido investigado logo após ter acontecido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>