19:05ZÉ DA SILVA

A tomada de três pinos é um pepino, mas o 9 na frente dos números do celular é um treino para adiantar o AVC que sempre ronda a vida dos que dobraram o cabo da boa esperança e começam a sentir dor nas juntas. Há fórmulas para não se embananar quando é preciso dizer o raio do número. Ditar o antigo, tradicional, para depois grudar o porra do algarismo que vem antes do dez. Comecei a pensar nessas coisas depois que li uma historinha do Vampiro onde o velhinho, perdido, esquece o número do telefone de casa – e isso no tempo em que havia o fixo e os números, sei lá, eram seis. Se fosse agora o personagem já ia direto para a Central de Luto e, sentado num banquinho, esperaria que as canelas esticassem definitivamente. O nove… Outro dia minha neta cismou de me ensinar como escrever mensagens com os dois dedões. Ela viu que minhas duas mãos tremiam e achou que era nervosismo. Pedi um tempo. Saí dali com o aparelho celular na mão e fui procurar um poço para desistir dele. Mas… não existem mais poços. O jeito foi sentar a marreta. Fiquei feliz em ver o estrago.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>