15:22ZÉ DA SILVA

o poeta entrou aqui e trouxe o irmão junto que já se foi faz tempo e não conheci mas conheço pelas letrinhas e este irmão dele foi um raio tempestade ondas gigantes a engolir tudo e expelir como não acontece comigo que sou de marolas que às vezes incomodam não conhecia ele também só de ler e pelos dois serem irmãos da mulher de um amigo e ela tranquila assim acontece nas melhores e piores famílias e nas não famílias e por isso fico lendo aqui sobre essa merda de pós-verdade caralho onde estou se antes da verdade durante e depois só existe o que não sabemos e foi assim que o poeta deixou ali quando saiu meus livros todos gritaram da estante que porra é isso tudo de energia nossa senhora aparecida fez o sinal da cruz xangô abriu a cortina do rosto e deu uma olhada o pássaro de são francisco de assis voou do ombro e todas as imagens do espírito santo cantaram é assim mesmo do bem é roberto prado.

2 ideias sobre “ZÉ DA SILVA

  1. roberto prado

    Mais que cantar, você pratica as flores em vida. Valeu, Zé. Que bom saber que posso contar com você nessa selva escura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>