11:26Vice falantes

De Rogério Distéfano, no blog O Insulto Diário (http://www.oinsultodiario.com/)

Os vices começam a dar trabalho a seus candidatos. O de Jair Bolsonaro foi Bolsonaro demais e verteu um Gilberto Freyre de algibeira com a análise da influência negativa de índios, negros e europeus no caráter brasileiro.

A de Ciro Gomes foi Ciro de menos. Apoiou o rearmamento e condenou o aborto. Depois de Michel Temer os vices deram de pensar e falar, fogem da liturgia do cargo.

No PT é diferente. Tem uma cabeça única, que não está no lugar e nem pensa com lucidez. Mas corpo, membros e vice – seja qual for – seguem o que sai dela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>