12:29Via sacra e caos no Detran

Amiga do blog comprovou como é o sistema caótico do Detran ao enfrentar uma via sacra kafkaniana para trocar a carteira provisória de habilitação pela defintiva. Acompanhem:

- Uma hora na fila do guichê de informações, localizado logo na entrada do prédio do órgão. Para receber uma senha.

- Uma hora aguardando para ser atendido no departamento indicado. Este forneceu um boleto bancário no valor de R$ 44,00

- Uma hora na fila da agência do Banco do Brasil, único credenciaado, no prédio.

- Tudo isso para receber a carteira pelo correio em dez dias.

- A foto será a mesma da provisória, que ficou armazenada no eficiente banco de dados.

- A “vítima” faz questão de lembrar passou por tudo isso – e muito mais (exame de vista, exame biométrico, etc.),  um ano antes, a um custo de  mais de R$ 1mil reais.

É o horror!

6 ideias sobre “Via sacra e caos no Detran

  1. JOMAR FERREIRA

    TUDO VAI MELHORAR NO DETRAN DO PARANA O FABRICIO VAI CHEGAR, SERA O NOVO CHEFE DO DETRAN, VOCES VERÃO ESTOU POR DENTRO DAS NOTICIAS DO BETO. eSTOU ATÉ PENSANDO EM CRIAR UM BLOG POLITICO, O FABIO SE DEU BEM.

  2. sapo barbudo

    Isso aí é um pouco , mas só um pouquinho da amostra da ineficiênci dos serviços públicos. Esta é saim um herança deixada pelo requião, a falta de efetividade usando como bandeira a caça às bruxas. Com essas atitudes o ex. deixou a vontade a administração e o governo para os seu pupilos incompetentes usar e abusar de metodologias não convencionais. O DETRAN é um dos casos, mas temos muito próximo do ex. o caso doo Porto de Paranaguá e aí afora.

  3. Fabiano Utrabo

    Não duvido do relato da pessoa, mas devo dizer que está bem melhor que a um par de anos atrás, quando era necessário retirar senha para entrar no DETRAN. Essa semana tive que renovar minha CNH. Fui atendido em menos de cinco minutos no balcão de informações localizado na entrada do prédio (a fila era pequena) por uma senhora extremamente gentil (não é ironia). Como já tinha toda a documentação pronta e a taxa paga, fui encaminhado para a fotografia, no andar de cima. Ali sim o bicho pega, pq o sistema é bom mas é lerdo. O teste teórico foi marcado para o mesmo dia (levei cinco minutos) e o exame (em uma clinica terceirizada) também. Em resumo, fiz tudo rapidamente no mesmo dia. Não é o ideal, talvez em alguns anos as coisas fiquem mais ágeis. Mas não posso reclamar. E a moça que reclamou tem razão, às vezes pode ser o horror mesmo, principalmente para quem tenta a primeira habilitação

  4. Walkíria

    O tal do Pancotti, Diretor-Geral, quando foi Comandante da Polícia Militar, ficou conhecido pelo bordão: “Quarenta anos em quatro”.
    Quarenta anos de atraso em quatro de comando.
    É, para resumir, um grande incompetente. Puxa-saco do Requião, logo que este saiu pela porta do palácio, virou lambe-botas do Pessuti. Vergonha a administração desse cidadadão, que deveria estar administrando um galinheiro, com meia dúzia de botadeiras, em uma chácara de fim-de-semana.
    E, para lembrar, a pérola final de sua administração infeliz, desajustada e modorrenta: o Detran manda uma carta para casa do cidadão, avisando que ele tem que ir ao banco para emitir um boleto para pagar o licenciamento do seu veículo. Um transtorno danado.
    Por que não manda o boleto de uma vez, como acontecia até então?
    O papel é o mesmo, o custo é o mesmo e não há qualquer benefício ecológico. Não consigo imaginar burrice maior do que esta…
    Vou, antes que perca a linha e desanque o desqualificado com palavra de baixo calão…

  5. xisburge

    Amigo Zé Beto, devo discordar levemente do que se publica sobre esta parte do Detran. Há um mês tive de renovar minha carteira em uma cidade de porte médio do interior.

    Lendo o que tinha lido sobre o Detran, achei que ia enfrentar horrrrorrrres. mas que nada. Dois minutos na fila do detran. paguei a guia em um despachante na frente do detran que me cobrou cincao a mais. mais uns dez minutos pra renovar a foto.
    e agendei para uns 5 dias depois na clinica. la na clinica levou uma meia hr de fila, alem do horario estipulado. e apenas dois dias depois, recebi em casa minha nova CNH.

    Simplíssimo.

    Talvez estes problemas sejam só localizados nas cidades maiores, ou curitiba. nao sei.

  6. Zangado

    Via Sacra ? Caos ?
    E a ilegalidade ?
    Leiam:

    OAB questiona Detran sobre pontos na carteira de habilitação

    “Nova interpretação sobre a pontuação pode cassar milhares carteiras de motoristas no PR

    A Ordem dos Advogados do Paraná (OAB-PR) encaminhou ontem ao Detran Paraná um ofício em que questiona a mudança na interpretação à forma de contagem da pontuação nas carteiras de habilitação. Conforme interpretação que vem sendo aplicada, a pontuação na carteira de habilitação não perde mais validade após 12 meses corridos. Até meados de 2010, era notório que a demora superior a 12 meses nos processos administrativos das multas implicaria na perda da eficácia dos pontos correspondentes à gravidade da infração, constando nos prontuários do Detran com a informação “ponto vigente” como aquele que poderia integrar uma contagem que implicaria na suspensão do direito de dirigir; e “ponto vencido” como aquele que não teria mais eficácia. Reportagem publicada na quarta-feira, pelo Jornal do Estado aponta que houve mudança na interpretação e com isso milhares de motoristas podem perder a carteira no Paraná.

    (…)

    Mas um dos questionamento dos juristas da área de trânsito é sobre o fato do Detran-PR estar se embasando em uma resolução do Contran em detrimento do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). “Da data do cometimento da suposta infração, após um ano prescrevem as infrações. Esta é a dicção legal do CTB”, opina o advogado Claudio Henrique de Castro. Também causa estranheza o porque de utilizar essa leitura agora, se a própria resolução do Contran é de 2005. O CTB entrou em vigor em 1998.”

    (fonte: Bem Paraná)

    A denuncia abaixo foi encaminhada a deputados e jornais:

    “O DETRAN do Paraná, não mais que de repente, está expedindo notificações de “suspensão do direito de dirigir”. Tal atitude decorreu – conforme informações de funcionários que não querem se identificar temendo represálias – de terem sido encontradas caixas de processos sem o devido andamento localizadas no Detran. Para não serem acoimados de omissos ou incompetentes ou irresponsáveis no diligenciamento dos processos, e, portanto, sem fazer quiçá a devida triagem para verificar a pertinência da atitude e igualmente sem a devida análise legal do direito subjacente a tal iniciativa, foram expedidas cerca de 15 mil (quinze mil) notificações do gênero.

    (…)

    Portanto, seis hipóteses graves se apresentam nessa situação: o Detran foi inepto e/ou omisso na condução dos processos; o Detran quer se livrar da responsabilidade dos processos de autuação atingirem a prescrição de pontos; as notificações são expedidas sem prévia análise de sua pertinência e legalidade de aplicação da penalidade de suspensão; as notificações acarretam ônus indevido aos notificados; os notificados, com prazo exíguo, recorrem a empresas especializadas que cobram caro para talvez nenhum resultado; os notificados vão acabar tendo de suportar a suspensão de dirigir de 01 (um) ano, penalidade exorbitante e desproporcional que está sendo tomada como parâmetro geral.”

    Até o momento, fora o intento da OAB-PR, o silêncio impera. E a OAB não chegaria a atuar não fosse a suspeita de grave ilegalidade. É mais uma passivo ao governador Beto Richa, a ser deixado de herança pela má gestão pública anterior, sempre com prejuízo a milhares de paranaenses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>