18:10Vá entender…

De Rogério Distéfano, no blog O Insulto Diário

Insulto é meio poliana, a mocinha ingênua e otimista do romance juvenil. Ainda não se refez do golpe da prisão de Beto Richa, mulher, irmão, primo et catitos. Muita prisão para pouco crime, muita valentia para a cautelosa justiça, muita ousadia para o tímido ministério público do Paraná.

Beto Richa, mulher e irmão foram soltos, o ministro Gilmar Mendes não tolerou tanta ousadia, tanta valentia, tanta inovação na casa de tolerância chamada Brasil nem no Paraná caipira. Agora o irmão do governador volta a ser preso e os presos da leva anterior permanecem presos.

O ex-governador e a ex-primeira dama não foram presos novamente. O lado poliana do Insulto se pergunta: se foram presos juntos pelos mesmos crimes, por que agora uns presos e outros soltos? Não foram chamados de ‘quadrilha’ pelo juiz e pelos promotores?

Uma ideia sobre “Vá entender…

  1. juarez

    Ao que se sabe, candidato não pode ser preso em período que antecede o pleito, salva flagrante delito. É a lei eleitoral funcionando!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>