16:58Tiro engatilhado

Os jênios da Universidade Estadual de Maringá (UEM) engatilharam o tiro no pé ao condicionarem a divulgação da lista dos aprovados no vestibular daquela instituição ao pagamento dos salários de janeiro. Na briga para não colocar sob a luz do sol a folha de pagamentos dos funcionário, que a Justiça já determinou, agora querem ter do outro lado, além do governo do estado, os milhares de vestibulandos e os pais destes. Expressionante!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>