9:36Tempo quente entre vereadores e Marcia Fruet

Um texto publicado no Facebook na madrugada de terça-feira (27) por Marcia Fruet, ex-primeira dama de Curitiba (ler abaixo), irritou a maioria dos vereadores que aprovaram o pacote fiscal do prefeito Rafael Greca. Um deles, mais exaltado, disse que, em vez de se manifestar, ela deveria ter ajudado o marido, Gustavo Fruet, a se reeleger. Isso é… é isso aí mesmo!

Confiram:

Foi uma noite longa. Tava frio em Brasília e isso me remetia ainda mais às noites de show que assisti na Pedreira Paulo Leminski – desde Titãs, Paralamas e Barão, nos 300 anos de Curitiba (cabelo comprido, roxo de crepom, ansiedade pelo primeiro grande show com as amigas). 

A noite emendou com o dia e me parece que não houve amanhecer. Desde ontem, amigos, amigas, servidores que a gente conheceu e aprendeu a respeitar nestes quatro anos já estavam em vigília onde aconteceria um espetáculo sórdido, insano, que transformou o cartão postal de Curitiba em um palco de absurdos.

Mais de 3 mil PMs. Armados. E a lembrança doída do 29 de abril latejando na cabeça. Informações de que os nobres vereadores chegaram escoltados, em comboio. Exceto os que não temiam o povo e puderam atravessar tranquilamente as barreiras policiais do Choque, da Cavalaria, dos escudos, do spray de pimenta, dos cassetetes. [Aqui, uma observação: senti pela PM, pelo policial ferido, por saber que a sua maioria não queria estar ali, que vai sofrer as consequências do “pacotaço” municipal no aumento de impostos que comerá  parte do seu já insuficiente salário e do “pacote de maldades” do governador, a ser votado em breve e que atinge em cheio suas carreiras.

O incômodo de não estar com a minha gente… Acompanhei as fotos e as manifestações de quem foi desarmado, com o coração já tão violentado por tudo o que passou nas últimas semanas, como se o dia a dia na assistência social já não fosse duro demais. O desânimo e o choro quando, encerrada a votação, já não tinham mais recursos, já não tinham mais direitos. Chorei também. Por não poder abraçar cada um naquele momento, por estar tão distante das causas que me apaixonam e movem, por não proteger do spray de pimenta os olhos de pessoas tão boas, tão trabalhadoras, que mudam a vida de outras todos os dias. A última transmissão foi “não dá mais pra ficar. Jogaram pimenta nos meus olhos e dói muito”. Dói e vai doer ainda por muito tempo.

Depois, soube que “a base” comemorou em um lauto almoço na própria Ópera de Arame. Ao custo que ainda ninguém mensurou mas que “está tudo dentro da legalidade, do orçamento da Câmara”, garantiu Serginho do Posto (aquele que fala manso, vai à missa, que a gente gostava tanto). 

Hoje, o dia não amanheceu. E vai permanecer noite por, pelo menos, três anos e meio.

8 ideias sobre “Tempo quente entre vereadores e Marcia Fruet

  1. jose

    Quem era o Prefeito dos 300 anos de Curitiba? O próprio Greca…só não lembro se a prefeitura pagou os shows, provavelmente sim.
    É noite somente para quem perdeu a boquinha e agora tem que trabalhar.
    Não votei no Greca e nem no Fruet, mas alguém explica pra moça que o marido dela tem culpa também, afinal ele estava prefeito nos últimos quatro anos.

  2. antonio

    Esse é um remédio amargo que algum dia teria que ser aplicado. Os Prefeitos que se sucederam iam empurrando com a barriga, mesmo sabendo que em algum momento a conta não iria fechar. Não gosto do Grega, não votei nele mas o admiro nesta hora pela coragem que teve. Sabe que o preço será caro e provavelmente enterrará a sua carreira política.

  3. ro

    Ela tem toda a razão.
    Esse grego não vale mesmo, um dia ele tá ao lado dos servidores, Gritando “essa é a casa do povo”, no outro ele tá fechando a casa do povo, tudo depende do lado que ele está querendo se eleger ou eleito,
    mas pelo jeito não dura muita, a saúde não deixará.

  4. Observador Tonto

    A guria fez um ótimo trabalho na Ação Social. Não reconhecer isso é fruto de má fé cínica ou obtusidade córnea.

  5. Josué

    Acho que a Márcia Fruet está coberta de razão, temos todo direito de protestar , e não aceitar o que tiranos nos quer empurrar goela abaixo! É tem mais os vereadores estão para cuidar dos interesses do povo que os elegeram e não dos caprichos de um prefeito ! Esse mesmo fala que pegou uma Prefeitura individada, mas o que ele não fala é que até hoje a prefeitura paga conta da gestão dele na outra vez que esteve na frente da prefeitura! Verdade seja dita Rafael Greca faz mal para Curitiba!

  6. Silva

    O texto da Marcia expressa muito bem nossa situação com um prefeito arrogante e totalmente sem limites. Ainda não podemos avaliar o estrago que essa gestão vai deixar….mas será muito grande.

  7. luizito

    Dívida todas as administrações tem e rolam, uns usam a criatividade, inteligência e capacidade de convencimento.
    Agora acabar com várias atividades públicas e de caráter social, como exemplo a extinção do IPCC e obviamente que fará falta à cidade.
    Dizem lá pela Prefeitura que outra entidade a ser criada irá absorver os serviços que eram desenvolvidos por aquela entidade.
    Quanto ao conteúdo da Marcia Fruet , deixa em todos aqueles que não conhecem bem a história, várias dúvidas do comportamento da atual gestão.
    Acho que o Prefeito Greca deveria sim fazer a lição bem feita, como ele diz saber fazer e parar de ficar com picuinhas de que a culpa é deste ou daquele, caso contrário chegaremos aos tempos do Matheus Leme e a conclusão que nem devia existir esta cidade que dizem ser amada

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>