15:05Socorro!

Do blog Cabeça de Pedra

 

O dedão do pé direito pegou de jeito e vi estrelas. Uma topada. A sandália de dedo facilitou. Estava distraído com o olhar de uma vaca pintada num muro. Era muito real e me acalmou. Um pouco antes tinha brigado com o dono da venda por causa de um pão que ele não queria me dar. Eu disse que estava com fome. Estou com fome. Não como nada há dois dias porque saí de casa para comprar fósforos. Foi há cinco dias. Saí e fui pensando na vida. Dormi num beco pensando na vida. Acordei pensando na vida. Fiz xixi pensando na vida. Decidi que não queria mais voltar para aquela vida. Qual? Não sei. Esqueci. Me deu fome e pedi o pão. Não precisava manteiga. O pão de Jesus Cristo, o salvador. Ele tirou um porrete debaixo do balcão. Fui embora e vi a vaca. Mas na calçada brotou um bloco de concreto. Só vi depois. Entre as estrelas. A unha levantou como o capô de um carro. Não olhei embaixo. Olhei para cima. Estava em transe. De dor. Lembrei que no armário do banheiro de casa tinha uma caixa de primeiros socorros. Socorro!

2 ideias sobre “Socorro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>