7:32Sem diferença

Michel Temer vai ficar livre da segunda denúncia da Procuradoria Geral da República que o acusa de tudo, menos de ser santo. Para isso, ele comprou votos usando o poder de sua caneta de presidente da República. A diferença entre o marido da Marcela e os que o antecederam no comando do Bananão é que fez isso escrachadamente, sem medo de ser mais um “infeliz” a tripudiar sobre a ninguenzada que o colocou lá acreditando na lisura dos políticos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>