15:32Sem baixa ou acaba… e contra ser levado no pio

Depois de tantas idas e vindas e promessas não cumpridas do Governo Federal  de construir uma nova ferrovia para levar a produção agrícola da região Centro-Oeste ao Porto de Paranaguá, o prefeito de Guarapuava, Cesar Silvestri Filho, resumiu em bom guarapuavês: “O Governo Federal nos levou no pio e não temos mais tempo para esperar”. Pré-candidato ao Governo do Paraná, Silvestri tem participado das consultas públicas que a Ferroeste realiza sobre o tema. E vai na contramão do famoso “ou baixa ou acaba”. Para ele, o modelo de concessão pode e deve ser melhor explorado. Exemplos disso ele tem pra mostrar em Guarapuava. Não é para menos que logística, transporte e gestão pública serão bandeiras da sua campanha.

 

Uma ideia sobre “Sem baixa ou acaba… e contra ser levado no pio

  1. Paulo Ferraz

    Aqui no Paraná recebemos aportes do U$ 240 milhões do Banco Mundial, nossos trens rodavam a 60 km/h, a participação da ferrovia na movimentação do Porto de Paranaguá era 34 %, crescia o volume de transporte a razão de 11 %/aa, etc… Entregamos uma ferrovia de primeiro mundo e os concessionários canibalizaram mesmo recebendo bilhões do BNDES. Hoje a ferrovia só atende 20 % da movimentação do Porto de Paranaguá, os fretes pelos trens superaram dos caminhões, nos últimos 10 anos a produção de transporte sobre trilhos na malha sul caiu 36 % (de 28 milhões de TU para 18 milhões), locomotivas e vagões estão sucateados, edificações depredadas e os trens estão andando em média 12 km/h perdendo para a bicicleta. Lamentavelmente essa é a realidade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>