7:25Ricardo Barros, Quadro Negro e campanha

Da coluna Brasil Confidencial, de Rudolfo Lago, na revista IstoÉ

Saúde negra

Uma investigação da Polícia Federal no Paraná pode trazer problemas sérios ao ministro da Saúde, Ricardo Barros. Ele é um dos alvos da “Operação Quadro Negro”, que apura desvios de recursos na construção de escolas públicas no estado. A investigação atingiu a alta cúpula do poder paranaense. Na semana passada, a PF começou a colher os primeiros depoimentos.

O delator da Quadro Negro, Eduardo Lopes de Souza, dono da Construtora Valor, acusa Barros ter participado da “venda” de um cargo no gabinete da sua mulher, Cida Borghetti (PP), vice-governadora do Paraná, com salário de R$ 15 mil. O irmão de Cida, Juliano Borghetti, receberia um “por fora” em troca da indicação. O caso está sob responsabilidade da Procuradoria-Geral da República, que vai investigar a conduta do ministro.

Campanha

Ainda sobre Ricardo Barros, o ministro da Saúde está em franca campanha para que o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), saia candidato ao Senado. Não por simpatia a Richa, mas porque assim sua mulher assume o governo, uma vez que o governador teria que deixar o cargo em abril. Richa, porém, adia sua decisão.

Triplicado

Cida Borghetti disputaria, assim, o governo paranaense em outubro com a máquina a seu favor. E com a ajuda generosa do ministro. Ricardo Barros triplicou no ano passado o dinheiro para saúde destinado aos municípios do estado. Em 2017, foram R$ 221 milhões. A título de comparação, o estado de São Paulo recebeu R$ 6 milhões.

3 ideias sobre “Ricardo Barros, Quadro Negro e campanha

  1. Jorge Armado

    O melhor ministro da saúde que o Brasil já teve junto com o mais espetacular governador do Paraná que a humanidade já conheceu. Os políticos do Paraná são motivo de orgulho para seus conterrâneos. Fosse o Paraná uma nação independente, seríamos mais avançados que o Canadá, Suíça, Japão, Coréia do Norte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>