7:01RESOLVE FAZER UM MONTE DE LEIS?

por Roberto Prado

Para escrever e desenvolver didaticamente sua filosofia, Confúcio teve Mêncio, um historiador.

Sócrates teve Platão (o “grande urso”), campeão olímpico de luta-livre.

Buda teve muitos budas para levar sua palavra. Jesus se espalhou pelo mundo nos rodados de Paulo, um cidadão romano judeu, corredor profissional de biga.

E Lao Tse teve Chuang Tse, um filósofo humorista pra lá de zen, autor de verdadeiras pérolas taoístas, utilizadas, por exemplo, por Einstein no texto de abertura da Teoria da Relatividade. E que ainda hoje são úteis para demolir certos pensamentos que já eram atrasados na China antiga.

Você pode até nunca ter ouvido falar de Chuang Tse. Mas já deve ter escutado uma canção em sua homenagem. Pois foi justamente Chuang Tsé o autor do famoso texto que fala no “sábio chinês que sonhou que era uma borboleta, acordou e já não sabia se era um sábio chinês que sonhou que era uma borboleta ou se era uma borboleta sonhando que era um sábio chinês”, musicado 2300 anos depois por Raul Seixas.

cara era um demolidor. Confira, logo abaixo, um pouco da sutileza de Chuang Tse, o São Paulo de Lao Tse:

ABRINDO OS COFRES – UM PROTESTO CONTRA A CIVILIZAÇÃO

A precaução tomada contra ladrões que abrem cofres, examinam sacolas ou saqueiam gavetas, consiste em mantê-los com cordas e trancá-los com fechos e cadeados. É a isso que o mundo chama de sagacidade.

Porém, chega um ladrão musculoso e leva a gaveta nos ombros, com o baú e a sacola, e foge, levando tudo nas costas. Seu único receio é que as cordas, fechos e cadeados não sejam bastante fortes.

Por conseguinte, o que o mundo chama de sagacidade não é simplesmente assegurar as coisas para um ladrão musculoso? E atrevo-me a afirmar que nada daquilo que o mundo chama de sagacidade é outra coisa senão poupar para os ladrões fortes. E nada do que o mundo chama de prudência é outra coisa senão entesourar para os ladrões fortes.

(Texto de Chuang Tsé, escrito quase 300 anos antes de Cristo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>