14:17Professores da UEL têm aposentadorias canceladas

Do blog Paçoca com Cebola de Claudio Osti

Cerca de 80 processos de aposentadoria de professores da Universidade Estadual de Londrina (UEL) estão travados devido decisão do Tribunal de Contas do Paraná. Os docentes que estavam de licença desde 2016, aguardavam a concessão de aposentadoria e tiveram que retornar ao trabalho. Para o Tribunal de Contas, a gratificação por tempo integral de dedicação exclusiva, não pode ser acrescentada a aposentadoria, por ser considerada vantagem de natureza transitória, que deve ser proporcional ao tempo de contribuição.

Uma ideia sobre “Professores da UEL têm aposentadorias canceladas

  1. Zé Mané

    kkkk o que será que o sindicato pelego do pestismo vai fazer em relação a isto? Estes pobres professores estão sendo lesados no seu sagrado direito de irem para casa e vestir os pijamas? Quanta ousadia esta do Tribunal de Contas? O que esta gente tem contra estes pobres docentes, gente que deu a vida para desemburrecer tanta gente? Esta tal de “dedicação exclusiva” é uma das maiores estórias para boi dormir que eu já vi até hoje, trabalhei com médicos que eram professores da Universidade, das 7:00 às 10:00 da manhã, depois viravam auditores do MS até o meio-dia. Depois viravam donos de clínicas médicas, isto quando não estavam viajando ao Exterior. Pouco são os médicos com mais de 50 anos que não tem menos do que duas aposentadorias, conheço um que tem três, não teve quatro porque não apareceu um quarto emprego.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>