5:06Poesia lunar

de Ticiana Vasconcelos Silva

Um dia a poesia alcançará a todos os seres da Terra

E os transformará em pessoas livres e despertas

Não subjugará os justos, nem punirá os corruptos

Apenas convidará a todos para uma grande festa

 

Que só os céus conhecem e só os puros merecem

Mas que por suas vias a todos prevalece

Pois a poesia é suja quando investida de razões

Mas é plena por estar livre de expiações

 

Não se demore, portanto, a ler o que a poesia diz

Mas saiba que ela é feita do que nasceu de uma raiz

Que não é feita na Terra  e nem nos céus

E que é conduta aos que se sentem ao léu

 

Por isso, a poesia é tão minha que a mim não pertence

Ela vence as intempéries da vida e dos que a ela se rendem

Como que se buscassem o vazio impermanente

Como se ouvissem o silêncio dos sábios livres em suas mentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>