19:06Pezão e a realidade triste

Pezão, aquele, que diz governar o Rio de Janeiro, afirmou, durante o ato que decretou intervenção federal na Segurança Pública do estado: “Não conseguimos deter a guerra entre facções”. Que coisa, hein? Pergunta-se: o que se disputa na guerra entre facções? Terriórios para o comércio de droga, certo? Quem consome a cocaína – e paga caro por isso? Ah, a turma do asfalto bacana, porque a maioria dos moradores das favelas trabalha e só tem dinheiro para sobrevivência. E quem são os barões do tráfico, que nunca aparecem e, com certeza, não são os líderes que ficam mocozados no morro até a hora do tiro fatal? Isso sem falar na polícia corrompida, etc e tal. Portanto, não vai ser a força militar com seus tanques que vai resolver a parada naquele universo surreal e triste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>