18:03Pesquisas para serem barradas?

A série de pesquisas suspensas pela Justiça Eleitoral a pedido da coligação que apoia o candidato Beto Richa abre a seguinte questão a ser discutida, além do fato de as ações terem sido disparadas quando o cenário das intenções de votos começou a mudar em favor de Osmar Dias, candidato do PDT: ou os institutos de pesquisa estão comendo bola uma atrás da outra, deixando brechas para tais impedimentos, ou a interpretação da legislação eleitoral está abrindo um caminho para que, em breve, tais sondagens fiquem apenas no âmbito interno dos partidos. Porque, nunca antes na história das campanhas, tantas foram barradas. Algo há!

6 ideias sobre “Pesquisas para serem barradas?

  1. numia

    pesquisas devem ser barradas sempre. elas não tem utilidade para o eleitor, que deve apenas escolher o melhor candidato, indiferente de pesquisas

  2. jose henrique

    Custa quanto sera pra barrar as pesquisas ? Candidato desesperado com a falta da teta pra mamar a partir de 1 janeiro da nisso.

  3. Roberlei PIres Cardoso

    Por favor, tira o dedo do botão, Beto!

    Estava moleza, fácil. Em algumas pesquisas, apontava-se quase 20 pontos percentuais de dianteira para o Beto Richa. Mas de repente a eleição complicou. O último Ibope apontou apenas cinco pontos percentuais de diferença, considerada a variante da margem de erro, já podia significar empate técnico.
    O que foi determinante para o estreitamento da distância, afora a crise de choro do Urtigão na TV e a onipresença do presidente mais popular da história em um programa eleitoral? Sim, os erros dos tucanos. Tal qual a tela sensível ao toque do celular de ultima geração, o tabuleiro de xadrez da disputa do Palácio Iguaçu, oferta coloridos ícones cuja tentação em tocá-los é quase irresistível.
    Beto, tocou no botão da *laranja podre*, termo que utilizou para definir um grupo restrito de professores comissionados que se utilizava da estrutura da educação para aparelhar o estado e pedir votos para o Osmar. A campanha adversária encarregou-se de generalizar as laranjas, e o pomar do 45 foi contaminado.
    Cavalos e burros – Depois, a campanha tucana tocou outro ícone sensível: mencionou a cavalaria do Álvaro sobre os professores para atacar o mano 12. Argumento batido em toda eleição, surrado demais, o único efeito visível foi por o Álvaro Dias na campanha do seu irmão Osmar. Por fim, Beto pos o Requião *batendo* em Osmar naquele episódio da fazenda em Tocantins. A denúncia jamais foi comprovada (e o Beto sabia disso). Outro botão infectado: Beto deletou a divulgação das pesquisas eleitorais. Na resposta aos ataques, Osmar colou em Beto o mesmo carimbo que o Dorival Júnior pregou na testa do Neymar: talentoso mais imaturo.
    A bóia – Em um oceano de notícias ruins para a tucanada e o bicudo, eis que surgiu uma bóia no mar outrora vermelho, agora quase que esverdeado: Dilma, a vela propulsora da embarcação 12, sofreu algumas avarias em sua passagem pelo furacão Erenice. Enfim, tais ingredientes só fazem aumentar a importância do derradeiro debate de hoje, às 22 horas, na Globo. Contudo isso, qualquer que seja o resultado da refrega na telinha, Beto e Osmar Dias serão submetidos de hoje até domingo as cólicas mais agudas da TPE, a Tensão Pré-Eleitoral.

  4. j.k.lott

    Tá na cara…não querem publicar, deixam as brechas !
    Estatística é uma ciência exata, mas virou ferramenta política . O instituto levanta e o candidato corta…

  5. Charles Friedrich Junior

    Parceria perfeita. Institutos pesquisam, e os resultados são aqueles que o senso comum já comenta. Daí, é melhor dizer ao TRE que a metodologia foi a mesma da pesquisa anterior, também barrada. Querem enganar quem ? Só pode, ser o sr. juiz. TRE, aplique multa aos institutos por estarem zombando de Vossa Excelencia.

  6. Jeremias, o crente

    Beto está perdendo as eleições para Osmar? Não.

    Está perdendo para os seus “criativos” marqueteiros e assessores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>