7:30PENSANDO BEM…

ROGÉRIO DISTÉFANO

O pato pateta

Washington Quaqua – não se perca pelo nome -, presidente do PT carioca, promete “luta aberta nas ruas (…) caso o judiciário aprofunde o golpe e condene Lula”. O pato pateta faz campanha para Bolsonaro.

A hora é agora

Os candidatos a procurador geral querem incorporar o auxílio-moradia aos vencimentos. Jogam para o público interno, os colegas que votam no colégio que irá tirar a lista tríplice do sucessor de Rodrigo Janot. Não estão nem aí para a opinião pública, para quem o auxílio-moradia, que chega a R$ 54 mil ao ano para juízes e promotores, é um acinte; nem para os que aplaudem os procuradores pelas ações anticorrupção. Nessa hora dá uma pontinha de solidariedade com o ministro Gilmar Mendes, que não poupa a classe de onde veio.

Os modos MM

ZB entrou no patrulhamento de RG, ou Rafael Greca. Desta vez a licitação do cofibreique da Prefeitura: cada comensal ganha dois potes de geleia, carpachio de frutas da estação (rodoferroviária?), meio litro e pouco de bebida, café incluso. Ah, sim, bebidas servidas à direita, ou à francesa, alimentos servidos à inglesa, cada um que vá buscar o seu no bufê. Importante, não mais que imprescindível, as garrafas não ficam sobre a mesa.

Deste canto dou o maior apoio a RG, melhor, a MM MinhaMargarita, a primeira-dama, que isso saiu da cabeça dela, senhora fina, de modos à mesa. Não foi para dar modos a RG, que ele nunca os teve nem nunca os terá; desde criancinha come sem mastigar direito, fala de boca cheia, enfia bocados inteiros a ponto de se afogar.

As regras para o cerimonial do cofibreique são para cutucar os prefeitos de antes, gente sem modos, exclusos Beto e Ducci. Requião faz o estilo cavalariço, Fruet, ainda que bem-educado, leva uns tiques de churrasqueiro-sanfoneiro do pai Maurício.

Ecce homo

Tem coisa errada, começo a acreditar que é fraude, armação, perseguição, requintes golpistas. A PF investiga, o MP denuncia, a justiça prende, mantém preso e condena ex-ministros, deputados, senadores, presidente da câmara, diretores da Petrobras, a elite do PT e da base aliada de Lula e Dilma, o presidente do PSDB, Aécio Neves, no bico do urubu e ninguém chia ou levanta o estandarte da santidade. Só Lula é honesto, ameaça guerra civil se receber condenação na Lava Jato, chora lágrimas de crocodilo e lamenta que vê que “não vale a pena ser honesto”. Estamos diante de um novo Cristo, só ele o inocente nesse mar de pecadores. Que ele criou e alimentou.

Até tu, Grecus

A Polícia Militar, na ausência por greve e deficiência de efetivos da Guarda Municipal, fez a segurança dos vereadores na votação do pacote do prefeito Greca. Do alto, no helicóptero, observava e no chão esfriava os servidores revoltados com bombas de efeito moral. A polícia faz o que pode e a gente se recolhe, ponto final.

O esquisito é a tal bomba de efeito moral, na realidade com gás lacrimogêneo ou pimenta, que fazem o manifestante chorar e ficar temporariamente cego. Isso não é efeito moral. Esse efeito seria moral caso a bomba levasse o manifestante a fazer o número um ou o número dois ali mesmo, na manifestação.

Lágrima não é efeito moral. Pode ser emocional, afetivo, mesmo de raiva ou alegria ainda não tem efeito moral. Porque não desmoraliza. A menos que a bomba venha com a intenção identificada pela etnologia brasileira, de que pimenta no alheio é sempre refresco para quem lança

2 ideias sobre “PENSANDO BEM…

  1. Geral

    Ontem na Tribuna o edital aumentando o contrato de cópias da ALEP de 80000 para 100000.
    Papel para levar para casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>