9:52PENSANDO BEM…

18

ROGÉRIO DISTÉFANO

Sérgio Cabral & Adriana Ancelmo, ex-governador e ex-primeira dama do Rio, vêm a Curitiba nesta quinta para depor ao juiz Sérgio Moro. Fora do poder, continuam com privilégio: viajaram em jatinho pago pelo contribuinte, o avião da Polícia Federal.

Lula, entre o sarcasmo e a revolta, diz que pode até vir morar em Curitiba para comparecer aos 87 depoimentos de suas testemunhas, como exige o juiz Moro. Que venha, curitibano é conhecido pela hospitalidade.

Muito barulho por nada, como disse William Shakespeare. A lei do abuso de autoridade veio para dar uma trava em promotores (procuradores, se federais) e juízes. Pois bem, quem vai trabalhar nos processos de abuso de autoridade? Promotores/procuradores e juízes, os alvos principais.

O senador Roberto Requião fez seu trabalho pela metade. Deveria ter criado um tribunal para julgar o abuso de autoridade de promotores/procuradores e juízes. Tribunal formado por senadores abusadores. Não dava tempo, era preciso fazer a lei a toque de caixa – a dos militares, não a dos políticos.

O presidente da General Motors declara em entrevista de apoio à reforma trabalhista que os direitos dos trabalhadores deixam caros os carros brasileiros. Esqueceu dos tributos, que chegam perto de 40% do preço dos veículos.

Pedro Barusco, gerente da Petrobras e operador do petrolão, escondeu R$ 240 mil em garrafas de vinho na casa de outro delator – que só contou a proeza depois da delação premiada de Barusco. Gosto por vinho não se discute, tem político que não vive sem vinho, como um ex-governador do Paraná.

Por que Barusco escondeu o vinho? Pensou que Sérgio Moro fosse como o juiz federal do Rio?, aquele que recolheu para uso próprio o Porsche e o piano de Eike Batista. Barusco não é nenhum Lambrusco.

Eunício Oliveira, presidente do Senado, teve um peripaque ontem e baixou hospital, com suspeita inicial de derrame cerebral. Sua função exige os nervos de aço de Renan Calheiros, as sete vidas de José Sarney e o cinismo de Lula.

E por aqui, na terra dos pinheirais, qual a novidade? O frio, só ele, que nem é novidade.

3 ideias sobre “PENSANDO BEM…

  1. celso itiberê

    Não se preocupem, Eunício de Oliveira não teve derrame cerebral e nunca terá, por absoluta falta de matéria prima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>