7:32PENSANDO BEM…

jóiassss

 

Rogério Distéfano

A empresa e os sócios proprietários da H. Stern fecharam acordo com a Justiça no processo de enriquecimento ilícito do ex-governador Sérgio Cabral e Adriana Ancelmo, a primeira dama, que lavavam dinheiro de propina comprando joias da empresa. A empresa e os sócios pagarão R$ 18 mi, além da pena alternativa de prestação de serviços à comunidade: treinamento de jovens aprendizes na arte joalheira. Piada pronta brasileira: os jovens estarão mais interessados na lavanderia que na joalheria. Uma pena adequada seria a de vender bijuterias ao povão. A preço de custo.

Michel Temer cede e concede tanto na reforma da previdência, o carro-chefe de sua administração, que lembra outro vice, José Sarney, que também cedeu e concedeu tanto que deixou inflação de quatro dígitos.

Dilma em Cambridge para simpósio sobre o Brasil. Pobre do tradutor se ela resolve falar em dilmês, aquilo de o predicado se esconder do sujeito. Pobres dos ouvintes se ela decide falar em inglês. Ela acha que domina os dois. E domina. Com a mesma autoridade com que domou a companheirada na Petrobras.

Jean Wyllys, deputado federal, levou advertência, punição leve, por ter cuspido no rosto de Jair Bolsonaro durante sessão da câmara dos deputados. Diz que cuspiria de novo. Então que cuspa certo, no lugar que doa naquela alma homofóbica.

Em Cambridge Dilma diz que teme pela prisão de Lula. Na prisão da Lava Jato José Dirceu vai além: (1) que a delação dos marqueteiros João Santana e sua mulher podem sim levar Lula para a cadeia e (2) que apesar de seus, dele Dirceu, constantes avisos, o PT não prepara os movimentos sociais para resistir nas ruas à prisão de Lula. Só nas mentes estalino-petistas pôr o líder e presidente acima das instituições também não é golpe. Faz parte do show. O mensalão e o petrolão foram perseguição, era tudo limpo e puro como alma de bebê.

Rafael Greca completa cem dias como prefeito de Curitiba. Napoleão Bonaparte escapou do exílio na Ilha de Elba. Saltou do pequeno barco que o transportava com alguns poucos companheiros, e, a pé, sem exército, desarmado, fez os soldados de Luís XVIII que vinham prendê-lo segui-lo na volta ao trono. Voltou a ser imperador por cem dias e nesses cem dias levou a França à batalha de Waterloo contra Inglaterra, Rússia e Áustria. Derrotado e derrubado, voltou ao exílio. O que Rafael e Napoleão têm em comum? Só os cem dias. Que Napoleão aproveitou melhor.

3 ideias sobre “PENSANDO BEM…

  1. joao marcos

    A Dilma agindo em defesa de seu amo, denota que foi uma governanta protetora, no desespero de nomea lo ministro. Comportamento abduzido, insano, mesmo sendo a Dilma como outra qualquer insiste em defender e ressuscitar algo que está agonizante, literalmente, morto.
    A dilma tem de voltar a ser dilma, desprogramar sua mente e deixar de ser mero instrumento de um lunático, fez do Brasil um castelo de areia.

  2. TOLEDO

    O melhor de tudo e de todos é o BIG Moro. Esse sim é o herói dos curitibocas, Tem até Circo próprio, na frente de onde trabalha. Vão todos conhecer o Circo do Moro, na Av. Anita Garibaldi, no bairro Ahú ,

  3. Carlos Ernandes

    Toledo, pior foi o circo que vocês fizeram nos últimos treze anos com o PT no governo. Há um pormenor: a força tarefa chutou o pau da barraca e o anão cresceu . Esse teu picadeiro, protagonizato por Gleise, Requiao, Dilma e Lula – com companheiros presos, nunca mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>