18:10Os revoltados da província

No Rio Grande do Sul o governo deu um calote no pagamento da dívida com a União para poder pagar R$ 600,00 de salário aos funcionários públicos. Estes foram avisados que o parcelamento vai continuar até Deus sabe quando. No Rio de Janeiro a Universidade Estadual não iniciou o ano letivo de 2017 (o do ano passado terminou recentemente), 41 mil alunos ficaram em casa, porque não há dinheiro em caixa para pagar professores, funcionários e empresas que prestam serviços – e a dívida é de R$ 350 milhões. No Paraná… bem, no Paraná todo mundo recebe em dia, está tudo nos conforme, mas a revolta é grande.

3 ideias sobre “Os revoltados da província

  1. Zé Mané

    Mas é preciso sempre estar revoltado, porque quando a revolta acaba pra muita gente a vontade viver vai junto também. E viva a infelicidade permanente.

  2. Carlos Ernandes

    Méritos ao Beto Richa. Apesar dos erros pelo caminho, componho com gente duvidosa , inegável é os muitos acertos da gestão financeira, quer a esquerdalha queira ou não.

  3. Parreiras Rodrigues

    Muque, Beto. Nem ligue pros Fora, Beto! Partem da turma da APP-PT, próximos do desapeamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>