9:03Os furos e futuro do pedágio no Paraná

Do Analista dos Planaltos

O grande problema do pedágio no Paraná é a conta final dos investimentos que não foram feitos pelas concessionárias. Ela não bate: cobraram um sobrepreço constatado pelo Tribunal de Contas do Estado nas auditorias – e quem vai pagar isto?

Michel Temer editou uma Medida Provisória para fazer o invenção chamada relicitação, que nada mais é que a prorrogação para dar tempo às pedagiadas para investir e continuar ganhando.

Outro furo no Paraná também foi a ausência de bilhetagem que resultou num grande descontrole de novas entradas e nos reais ganhos das concessionárias. No ano passado o TC determinou esta providência à Agepar, que desde sempre fez cara de paisagem, imóvel e morta nas suas ações legais. Qual será a razão de tudo isto?

4 ideias sobre “Os furos e futuro do pedágio no Paraná

  1. Sergio Silvestre

    Se algum juiz de peito e isso é difícil resolver que as concessionarias devolvam os 15 bilhões a mais nesses 20 anos,como é que vão devolver os quase 8 bilhões que distribuirão como propina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>