12:55OBERLAN ROSSETIM

PENSAR PARA ME AFASTAR DE MIM

Olhar é sempre um ato encobridor, que engana, esconde.
A coisa está ali, no mundo, sem precisar de olhar para existir.
Quando um olho a olha, reveste-a de ser.
O que vejo, sim, sou eu.
Cabe ao pensamento não se deixar levar pelas minhas impressões.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>