17:44O resultado da eleição

A Universidade Federal do Paraná informa:

Chapa 2, dos candidatos Ricardo Marcelo e Graciela Bolzon, vence consulta pública para escolha da nova Reitoria da UFPR 

Resultado será submetido ao Colégio Eleitoral da UFPR no dia 6 e, depois, ao MEC

A Chapa 2 – UFPR é Nossa Vida (dos candidatos a reitor, Ricardo Marcelo Fonseca, e à vice-reitora, Graciela Inês Bolzón de Muniz) foi a vitoriosa na consulta pública promovida nos dias 27 e 28 de setembro para a escolha da nova Reitoria da UFPR pelos próximos quatro anos, a partir de 19 de dezembro de 2016.
Concluída hoje à tarde no Teatro da Reitoria, a apuração começou ontem e se prolongou pela madrugada desta quinta-feira, resultando na vitória da Chapa 2, com 51,78% dos votos. A Chapa 1 – UFPR que Queremos (dos candidatos a reitor, Marcos Sunye, e à vice-reitora, Andrea Caldas) obteve 48,22% dos votos. O total de votantes chegou a 17.045 pessoas – 11.091 estudantes, 3.558 técnico-administrativos e 2.396 professores. Houve ainda 510 votos brancos e nulos.
A Chapa 2 venceu a consulta em duas categorias –  estudantes (56,25% – o equivalente a 6239 votos) e professores (58,30% – ou 1.398 votos). A Chapa 1 foi vitoriosa entre os servidores técnico-administrativos, com 59,75% (ou 2.126 votos).
O resultado da consulta pública será encaminhado ao Colégio Eleitoral da UFPR (formado pelo Conselho Universitário – Coun e pelo Conselho de Curadores), que se reunirá às 9h do dia 6 de outubro (quinta-feira da próxima semana) para homologar os números. O Colégio terá até 60 dias antes da posse da nova Reitoria (marcada para 19 de dezembro) para organizar a lista tríplice com a votação final dos candidatos e enviá-la ao Ministério da Educação (MEC). A nomeação do reitor e do vice-reitor da UFPR será  feita pelo ministro da Educação, José Mendonça Bezerra Filho. 
Balanço positivo
Ricardo Marcelo fez um balanço positivo do processo eleitoral. “Foi um processo riquíssimo. Tivemos a oportunidade única de conhecer toda a UFPR, debater seu futuro, sua vocação e sua inserção na sociedade”, avaliou. Graciela Bolzon disse que quer construir uma UFPR para todos. “Todos serão chamados a construir uma Universidade ainda mais pujante”, comentou.
O presidente da Comissão Eleitoral, professor Amadeu Bona Filho, elogiou o processo eleitoral. “A disputa foi muita acirrada e teve ampla participação de todos os setores representativos da UFPR, alunos, professores e servidores técnico-administrativos, o que foi muito positivo”, disse.
Perfis dos candidatos
Ricardo Marcelo Fonseca é graduado em Direito pela Faculdade de Direito de Curitiba (1990) e licenciado e bacharel em História pela UFPR (1990). Especialista em Direito Contemporâneo (PUC-PR/IBEJ – 1993), é mestre em Direito pela UFPR (1998) e doutor em Direito, também pela Universidade Federal do Paraná (2001). Fez seu pós-doutorado na Università degli Studi di Firenze, na Itália (2004). Ex-diretor da Faculdade de Direito da UFPR, é pesquisador nível 1 e integrante do Comitê de Assessoramento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico  (CNPQ). É membro correspondente no Brasil do Instituto de Investigaciones de Historia del Derecho (INHID), de Buenos Aires, diretor acadêmico do Instituto Latino-Americano de História do Direito (ILAHD), vice-presidente acadêmico do Instituto Brasileiro de História do Direito (IBHD) e coordena o Núcleo de Pesquisa História, Direito e Subjetividade, que desenvolve pesquisas nas áreas de história da cultura jurídica e crítica da subjetividade moderna.
Graciela Ines de Bolzon é graduada em Engenharia Florestal pela Universidade Nacional de Santiago del Estero (1977), mestra em Engenharia Florestal pela UFPR (1986),  doutora em Engenharia Florestal pela UFPR (1993) e pós-doutora em Educação à Distância pela UNED-Espanha (2002). É professora visitante do Programa de Pós-graduação em Argentina-UNSE, professora titular da Universidade Federal do Paraná, diretora de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico PRPPG-UFPR e coordenadora do programa de Bioenergia. Coordena também o LabNano-Sisano da UFPR.
Sunye e Andrea
Marcos Sfair Sunye é graduado em Processamento de Dados pela UFPR (1986), mestre em Engenharia de Software pela Universidade de Nice (1987), doutor em Banco de Dados pela Université de Bourgogne (1993) e pós-doutor pelo Laboratório de Informática de Paris VI (LIP6) da Université Paris VI – Jussieu (2007). É professor em regime de dedicação exclusiva da UFPR desde 1997 e diretor do Setor de Ciências Exatas.
Andrea Caldas é graduada em Pedagogia pela UFPR (1990), mestra em Educação também pela Universidade Federal do Paraná (1998) e doutora em Economia Política da Educação (UFPR). É diretora do Setor de Educação da UFPR, presidente do Fórum de Diretores das Faculdades de Educação das Universidades Públicas (FORUMDIR) e coordenadora do Fórum Estadual de Educação e suplente no Fórum Nacional de Educação.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>