5:58O passado da bola

Do Goela de Ouro

Os tiros desferidos contra Alvaro Dias e sua pré-candidatura à presidência da República pode abrir uma porteira de denúncias e chegar À CPI do Futebol, presidida pelo senador paranaense. Como nunca há mocinho nessas histórias, um que já foi preso no passado – e sumiu, cujo nome é Onaireves Nilo Rolim de Moura, ex-presidente do Clube Atlético Paranaense, da Federação Paranaense de Futebol e ex-deputado federal, chegou a pensar em escrever um livro onde um dos capítulos era dedicado especialmente ao parlamentar que agora agora veste a camisa do Podemos. Os dois se tornaram inimigos e Moura jurou que o sistema de arrecadação de Dias para incluir fora dos depoimentos alguns poderosos das tramas sujas do futebol funcionou. Há uma história com dez milhões de letrinhas, por exemplo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>