16:53O ministro, os torpedos e mísseis

No começo da gestão de Ricardo Barros no ministério da Saúde, ele abriu a boca algumas vezes e recebeu uma saraivada de torpedos. Alguns notas em colunas de jornalões davam até a data que sua cabeça rolaria. Barros ficou na muda e não aconteceu nada. Agora que ele bate escanteio e corre para cabecear, nova onda de mísseis com denúncias são disparadas na sua direção. Ele? Quem o conhece sabe que sem fazer espalhafato, mas tricotando como ninguém os bastidores onde está o verdadeiro poder, uma de suas máximas é perto daquela conhecida do “falem bem ou mal, mas falem de mim”. Há uma outra, mas essa não confirmada, de que as pessoas que falam mal dele, se soubessem o que ele pensa delas, falariam muito mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>