14:17O golpe, hoje, na UFPR

Olhaí, gente! A Universidade Federal do Paraná entrou na onda e vai oferecer o curso “O Golpe de 2016: a destruição dos direitos sociais e os rumos da sociedade brasileira” a ser ministrado a partir de hoje (16) no Campus da Reitoria a partir das 18h. Topas? Seguem as informações:

Início: 16 de março de 2018
Local: Campus Reitoria da UFPR – Ed. D. Pedro I Anf. 100
Dias de semana das 19:00 às 22 horas
Março a Junho de 2018 – 36 horas
O curso é aberto a todos os interessados até o limite de 140 vagas.
Será fornecido certificado.
Inscrições: 16 de março a partir das 18hs. Anf. 100. Ed. D. Pedro I-Reitoria

EMENTA:

O evento é inspirado na disciplina oferecida na Universidade de Brasília pelo docente Luis Felipe Miguel, que sofreu tentativa de censura por parte do Ministro da Educação, o que tem como uma de suas consequências a ameaça à autonomia universitária e ao desenvolvimento do pensamento crítico. O ciclo de debates tem por objetivo analisar o contexto histórico em que se desencadeia o impeachment da Presidente Dilma Roussef e a conjuntura pós-impeachment que traz mudanças na Constituição Federal e em outras leis, além de outras medidas. O cenário brasileiro, a partir de abril de 2016 é marcado pela perda de direitos sociais e pelo crescimento da polarização política, situação que necessita ser analisada e debatida pela Universidade e pela sociedade em geral.

PROGRAMAÇÃO / Cronograma

16 de Março – Aula de Abertura
República do Nepotismo e os cenários da conjuntura política do golpe de 2016 – Ricardo Costa de Oliveira e Andrea Caldas

09 de abril
Os golpes de Estado no Brasil República: 1964 e 2016 – similitudes e diferenças conjunturais e estruturais – Claus Germer, Lafaiete Neves e Rodrigo Czajka

19 de abril
Polícia para quem? O golpe de 2016, repressão aos movimentos sociais e intervenção federal no RJ – Clóvis Gruner e Vilson da Mata

23 de Abril
O Neoliberalismo Anticonstitucional: O Golpe de 2016 e suas consequências sociais – José Ricardo Vargas de Faria e Fabiano Abranches da Silva Dalto

03 de maio
Uma leitura do golpe de 2016 a partir do 18 Brumário. – Luiz Belmiro Teixeira e Júlio Cesar Gonçalves da Silva

07 de maio
O golpe de 2016 e o estado de crise constitucional: da destruição da constituição às contrarreformas neoliberais – Ricardo Prestes Pazello e José Antonio Peres Gediel

21 de maio
O golpe na educação I – A política de reformas PEC 241/55, reforma do ensino médio e a resistência nas ocupações de escolas e universidade – Monica Ribeiro, Deise Picanço e Angela Scalabrin

29 de maio
O golpe na Educação II – A ameaça ao pensamento crítico – Simone Meucci, Geraldo Horn, Douglas Rezende

07 de junho
O golpe na Educação III – Ascensão da intolerância e perseguição às minorias: Escola “sem” Partido – Lucimar Dias e Megg Rayara Gomes

13 de junho
O Golpe na Educação IV – Produção científica e Formação de professores em risco – Maria Antonia Souza, Graziela Luckesi, Maria de Fátima Rodrigues Pereira, Fabiane Lopes de Oliveira

18 de junho
“Com o Supremo, com tudo”, e com as falácias do Moro. Carlos Vianna e Euclides Mance

27 de junho
Restaurar a democracia: desafio da unidade da esquerda – Emmanuel Appel

3 ideias sobre “O golpe, hoje, na UFPR

  1. Gumercindo Saraiva

    Parabéns para a ” gloriosa ” UFPR. Recuperou todas as múmias esquerdistas dos anos 1980 e alguns novatos. Viva o retorno do Claus Germer, Laffaiete Neves, Ricardo Oliveira Emanuel Appel et caterva.
    Melhor deixar as múmias falarem para seus coleguinhas , relembrarem os anos 1980. Deixem nós trabalharmos , que o estado brasileiro sustenta esses párias.
    PARABÉNS PARA O REITOR, o herdeiro político das múmias paralíticas.

  2. wilson portes

    Caro Zebeto, o “palestrante” Klaus Herr Germer não é o mesmo que, no início do Governo José Richa, na condição de Secretário de Estado, declarou publicamente que
    “se uma bomba atômica destruísse todo o nordeste brasileiro, o restante do Brasil nem sentiria qualquer efeito disso…”?

    Horas depois o indigitado cidadão foi exemplarmente defenestrado do cargo de Secretário (não lembro se da Agricultura ou da Reforma Agrária).

    Bora palestrar, tchurma… O futuro é hoje…. E não é vermelho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>