7:53O furo que é desvio

Ainda sobre o “furo” de R$ 52 milhões na Setrans, alguns leitores questionaram, com razão, sobre a possibilidade de o rombo ser fruto de roubo ou coisa parecida, muito comum neste país de ordem e progresso. O título da nota induz a isso. Na verdade houve o “furo” porque o dinheiro, segundo quem está tratando do assunto, foi encaminhado a outro lugar, ou seja, houve desvio de finalidade. Mais: as contas do setor foram pagas só até maio. Juntando lé com cré o que se acredita na prefeitura é que o objetivo claro era o de prejudicar a gestão. A conferir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>