7:23O debate, segundo a versão de Beto Richa

Da assessoria de imprensa de Beto Richa, candidato do PSDB ao governo do Paraná:

Com idéias próprias, Beto Richa vence debate na RPC
Osmar Dias chamou trabalhadores da região metropolitana de playboys

Beto Richa mostrou no debate desta terça-feira (28) na RPC que é o melhor candidato, com idéias próprias para governar o Paraná.  Beto mostrou no debate que tem propostas para melhorar a saúde, com Centros de Especialidades e o Mãe Paranaense; para a segurança, com contratação de 5 mil policiais e guerra ao tráfico.

Beto mostrou que na Prefeitura de Curitiba honrou todos os compromissos e fez um choque de gestão que transformou Curitiba na capital com maior desenvolvimento do País, conforme o índice da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro.

Beto garantiu a Copa do Mundo em Curitiba e com isso a capital e a região metropolitana vão ter mais de 450 milhões em obras de mobilidade urbana. A Copa vai incrementar o turismo em todo o Estado e colocar o Paraná em vitrine mundial.

Beto mostrou no debate que tem experiência administrativa, com uma gestão aprovada por 86% da população de Curitiba, onde foram feitas mais de 7 mil obras nos últimos 5 anos.

Osmar Dias quer o voto dos curitibanos, mas mostrou no debate que não conhece nada de Curitiba. Mais: não soube dizer uma ação sua em benefício de Curitiba enquanto esteve no senado.

Osmar chama trabalhadores da região metropolitana de playboys

Ao começar o debate, Osmar disse “Na Região Metropolitana só tem playboy”. Foi, nesta campanha, o maior desrespeito feito aos trabalhadores da Região Metropolitana de Curitiba.  Mais tarde, Osmar elogiou o governo Lula porque ele teria reduzido as invasões de terra. Osmar comemorou que no governo Lula houve “só” 1.740 invasões de terra por parte do MST.

Osmar não responde se Requião fracassou

No quarto bloco do debate Beto Richa perguntou a Osmar Dias, se ele concorda que o atual governo do Estado (que apóia Osmar) fracassou na segurança.

Osmar não respondeu. Tentou atacar a administração de Beto em Curitiba na segurança pública, área que é de responsabilidade dos governos do Estado e federal. Falou em contratar policiais e voltou a se apoiar num possível apoio da candidata a presidente Dilma para solucionar o problema do avanço das drogas, principalmente o crack, no Paraná, que, aliás, não sofreu nenhuma grande intervenção do governo do Estado nos últimos 8 anos.

Beto mostrou que, como prefeito da capital, foi alem das competências, porque a segurança é atribuição constitucional do governo do estado e federal cuidar de segurança. “Mas como o cidadão não quer saber de quem é a responsabilidade e quer que o seu problema seja resolvido, como prefeito não cruzei os braços”, disse Beto. “Foram contratados 700 novos guardas, dobramos a frota de veículos, quadruplicamos o número de armas e munições, implantamos a Ciclopatrulha, criamos a primeira secretaria municipal antidrogas do Brasil, que deu muito certo e tem parceria com 22 cidades do Paraná, para fazer trabalho de conscientização e prevenção, especialmente junto à nossa juventude”, afirmou.

Beto disse ainda vai reativar os Módulos Policiais, com policiamento comunitário, e vai criar um batalhão de fronteira, porque o Paraná é responsável por 60% da entrada de armamento pesado e da droga no Brasil. “Teremos parceria com 150 comunidades terapêuticas e a implantação de centros regionais de tratamento e recuperação de dependentes químicos”, disse Beto 

A seguir, trechos da participação de Beto Richa no debate 

Copa de 2014

Beto — “A Copa do Mundo é muito importante para a cidade de Curitiba. Nós fizemos um grande projeto e conseguimos essa grande conquista para Curitiba e para todo estado do Paraná que é a realização da Copa na nossa cidade. Vai trazer muitos benefícios com a vinda de milhares de visitantes e turistas. Podemos fazer um turismo integrado para beneficiar outras regiões do Paraná. E o projeto da prefeitura de Curitiba foi elogiado pelos técnicos da FIFA, pela competência, pelo profissionalismo dos técnicos da prefeitura municipal. E tenha certeza, vamos realizar grande Copa do Mundo. Na semana passada o prefeito Luciano Ducci assinou convênios com o governo federal para repasse de R$ 222 milhões para investimentos na infraestrutura da cidade. Então, passa a Copa do Mundo e ficam ainda os benefícios permanentes para toda população em obras de infraestrutura viária, de segurança, de lazer e recreação, no entorno do estádio e no acesso do aeroporto até o centro da cidade. Os benefícios são muitos e, portanto, valeu esforço da prefeitura para esta conquista para Curitiba e do Estado do Paraná.”

Educação

Beto — “Educação é prioridade absoluta do nosso governo. Demonstrei isso como prefeito da capital. Com todos os investimentos feitos e toda a valorização dos quadros de servidores da educação, conseguimos tirar Curitiba do 6º lugar no Ideb – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, que mede a qualidade do ensino em todo país. Em três avaliações realizadas, a nossa capital ficou em primeiro lugar. Isso foi feito dobrando o orçamento, de R$ 320 milhões para mais de R$ 660 milhões por ano. Valorizamos professores que receberam aumento do piso salarial de 84%. O mesmo vamos fazer nbo estado do Paraná, valorizando os professores, ampliando o Programa de Desenvolviemnto da Educação (PDE), garantindo a equiparação salarial e levando boas práticas administrativas da capital para o Estado.”

Saúde

Beto – “Saúde é hoje a principal preocupação de todas as famílias do Paraná. Está precária. Não houve investimento nem na prevenção nem no tratamento das doenças. Nem  se cumpriu a lei. Eu, como governador, vou cumprir a lei e investir em saúde pública pelo menos os 12% das Receitas Correntes Líquidas, como determina Constituição Federal. Só aí vamos conseguir um grande salto nos investimentos para melhoria da qualidade e agilidade no atendimento da saúde, que deve ser próximo de onde as pessoas vivem. Fizemos um grande trabalho na capital, como prefeito. Há poucos dias a Firjan – Federação das Indústrias do Rio de Janeiro, que faz pesquisas de qualidade de vida em várias capitais, mais uma vez concluiu um estudo e sua avaliação é que a capital com a melhor qualidade de vida do Brasil é a capital dos paranaenses. Temos certeza que fizemos o dever de casa embora muito mais deva ser feito.

O governo atual, que apóia meu adversário, desviou 2 bilhões de reais da saúde, segundo o Ministério Público, que está cobrando as providências, para que seja investido esse valor na área da saúde, conforme determina a lei. Nós vamos cumprir a lei, que é nosso hábito na vida publica, além da coerência, da palavra e do compromisso. Eu não mudo de lado. Não pulo de galho em galho, conforme as minhas conveniências pessoais de momento. Eu sou previsível. Eu não vou na casa de um candidato a presidente da república às vésperas da convenção e aperto a mão dele e no dia seguinte eu vou apoiar o outro, conforme fortes razões que deve ter havido. Nós vamos investir fortemente na saúde de todos os paranaenses e também na prevenção, porque temos boas práticas administrativas da capital para levar par ao Paraná.”

Infraestrutura ferroviária

Beto – “Temos um excelente projeto, que foi objeto de elogio pelo governo federal, encaminhado pela Prefeitura de Curitiba, que é o contorno ferroviário da nossa cidade, para tirar o ramal de dentro da cidade, que traz transtorno diário para mais de 250 mil moradores, que são diretamente pelos transtornos sonoros e pelos acidentes que volta e meia acontecem no ramal que passa pela cidade. O projeto do contorno ferroviário, passando por fora da dos limites da cidade é muito importante e já está encaminhado, Como governador, vou ajudar o prefeito a conseguir essa conquista. Precisamos de alternativas ferroviárias, de Cascavel a Guaíra, de Guaíra a Cianorte, de Guarapuava a Ipiranga, ou opção através de Engenheiro Bley, para que possamos desenvolver o nosso estado. E também ligando com a hidrovia do rio Paraná. Vamos avançar muito também nessa área para desenvolver nosso grande estado.”

Competência para governar

Beto – “Honrei com todos os compromissos assumidos no período eleitoral. Todos aqueles que a população confiou que, sendo eleito eu fizesse, foram honrados. Tanto é que eu tive um índice enorme de aprovação popular, o maior da história de Curitiba. Por 10 vezes fui apontado o melhor prefeito do país. Isso é ter reconhecimento popular e ter atendido bem a população. Implantei conceitos na administração pública, como por exemplo, da ética, com ações claras e transparentes, e o respeito que é devido a todo cidadão. Fui austero na aplicação dos recursos públicos, melhorando os gastos, fechando as torneiras do desperdício e dando um choque de gestão, que é fazer mais e melhor, gastando menos. E ainda demos aumentos com ganho real, acima da inflação, para os servidores municipais, todos os anos. E fizemos uma grande opção por uma gestão democrática, um governo próximo das pessoas, ouvindo mais do que falando, valorizando a opinião de todos. Realizamos 300 audiências públicas em cinco anos e este foi um espaço para estar mais sintonizado e identificado com os reais e legítimos interesses da população de cada comunidade da nossa cidade. Não existe mais espaço na visão moderna de gestão pública para imposições, para idéias impostas de cima para baixo. Quem sabe o que é preciso fazer na sua comunidade, bairro e na sua cidade, são as pessoas que lá vivem e que enfrentam as dificuldades do dia a dia. Temos que ouvir as pessoas para certar nas iniciativas, o que demonstra o interesse e o respeito pela população.”

Transporte coletivo

Beto — “Baixamos a tarifa de ônibus de Curitiba, que era mais cara do Brasil. Hoje é 15ª no ranking nacional. Isso sem deixar de investir na qualidade do sistema. Mudamos os motores dos ônibus, que agora tem motores eletrônicos Euro 3, que diminui em 50% a emissão de gases poluentes, reformamos terminais de ônibus. Temos na Linha Verde uma linha de ônibus 100% movida a biodiesel. É a única na América Latina. E recebemos em janeiro um prêmio em Washington, de transporte urbano sustentável do mundo.”

Considerações finais

Beto — “Eleito governador, meu compromisso é com você, paranaense. Não tenho compromisso com grupos políticos que representam o passado, que representam as velhas práticas e idéias do passado, que nos levaram à condição que estamos vivendo hoje. Em 2002, quando fui candidato, os problemas graves de saúde e segurança pública já eram discutidos lá atrás e nada foi feito. Os problemas crônicos não foram resolvidos. Aliás, se agravaram, por isso sou candidato da mudança e não o candidato da continuidade. Mas uma mudança segura, mantendo, melhorando e ampliando tudo aquilo de bom no Paraná. Eu vou implantar neste estado um modelo de gestão que foi testado, aprovado e reconhecido nacionalmente. Pertenço à nova geração de administradores públicos que trabalham com projetos, metas e resultados, sempre valorizando os nossos servidores públicos. Com grandes projetos, por exemplo, nós trouxemos para Curitiba 60% a mais de recursos federais, per capita, do que o governador levou para todo o Estado do Paraná. Isso que ele se diz amigo intimo do presidente Lula. Vou retribuir o voto de confiança do paranaense com trabalho e com dedicação. Nosso vice-governador é o Flávio Arns.”

6 ideias sobre “O debate, segundo a versão de Beto Richa

  1. Edson

    Beto Richa vence debate ?! rsrsrs, conta outra piada. A assessoria dele vez alguma pesquisa para comprovar isso… ah esqueci, pesquisas que não interessam a campanha são impugnadas.

  2. Só não ver que não quer

    E a parte do debate em que o prefeito mais que rapidamente, como um grande lider, disse que não foi responsável por a prefeitura ter perdido dinheiro do ProJovem. Quando a coisa é boa o mérito é dele, quando não, a culpa é dos outros. Beto trouxe a Copa para Curitiba é brincadeira, né! Realmente, foi ele que negociou com a FIFA. Mandou fazer uma até foto para inaugurar as obras do metro, logomarca e tudo, mas está aí, no esquecimento. Deve ser culpa de algum assessor, porque o ex-prefeito é inatacável, não foi ele também que se beneficiou do caixa dois na última campanha, foi outra pessoa…

  3. Bagual RS

    Beto Venceu por completo, Não existe a menor comparação entre os dois, quando Beto falava das realizações em Curitiba, O$MAR alem de criticar se colocava como vassalo de Dilma e de LULLA sempre em contato com ele, parecia guri de colegio dizendo que o chefe dele é mais forte e vai bater nos outros…Beto foi grande como Gigante é o nosso PARANÀ que precisa ser dirigido com respeito, Honra e competencia e isso sobrou no BETO ontem, Beto que sempre andou com suas proprias pernas ao contrario de O$MAR e seu novos companheiros tentando justificar o injustificavel, PT,MST, AMIGO DEFENSOR REQUIÂO e tudo mais que ja estamos FARTOS de ver no Governo passado de nosso já Sofrido Estado do Paraná, O$MAR se mostrou rancoroso e mal intencionado dando a entender tem tenha sofrido ataques a seus familhares, o que resulta numa jogada mentirosa e suja que não é verdade, pois considera que seu eleitores são tolos e acreditam em tudo que ele diz, O$MAR é que tem de se explicar com quem anda agora em sua equipe, já que sempre foram desafetos historicos, jornais apócrifos e pesquisas falsas apreendidas pela POLICIA CIVIL E POLICIA FEDERAL EM SEUS COMITES partidarios, isto sim o$mar tem de explicar e parar de acusar Beto injustamente, a população realmente não tola e esta vendo isto tudo e apartir de Domingo o Paraná estará em Boas Maõs, sob direção de BETO RICHA.
    Sorte a TODOS.

  4. Leitora PR

    Falta criatividade para os tucanos. Mais uma vez forçam a tranca com “Beto Richa vende debate”. Vamos falar sério agora?

  5. Vanessa

    Venceu?? Beto Richa não admitiu nem os problemas de Curitiba. E tem outra questão, o Beto e Osmar não tem q conhecer Curitiba e sim o Paraná. O Paraná não se resume em Curitiba.
    E a questão da merenda da Prefeitura? E as ruas com buracos em Ctba? Ônibus lotados? Pq Beto não explicou?
    Curitiba já foi um exemplo de pioneirismo. Mas agora deixou de ser…Pq será?
    Como que Beto cumpriu todos os compromissos? Pq largou a prefeitura? Cadê o metrô? Choque de gestão é conduzir a licitação do lixo desta forma??

    Curitiba e Paraná, abram o olho!!

  6. Luciana

    Eita, só aqui que alguém ganhar um debate… na verdae o ganhador deveria ser o telespectador, mas ao invés disso, ele perde e muito assistindo ao debate.. perde tempo, perde minutos preciosos de sono, descanso….
    Aquilo que se apresentou ontem, só esclareceu que os candidatos não estão preparados pra assumir cargo algum, aliás nenhum deles…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>