15:46O casamento e a liberdade de expressão

Da série “Nossas Convicções” da Gazeta do Povo:

Aliás, faz parte da tradição da defesa da liberdade de expressão o fato de jamais se ter admitido a criminalização da opinião meramente crítica a comportamentos, sejam estes louváveis ou reprováveis. Pense-se, por exemplo, em comportamentos amplamente aceitos pela sociedade e considerados valiosos: o casar-se, o trabalhar, o dedicar-se a causas sociais. Imagine-se, agora, que se quisesse criminalizar a crítica, por mais absurda que fosse, a esses comportamentos. Criminalizar, por exemplo, quem dissesse que se casar é o mesmo que se jogar, sem qualquer equipamento, de um prédio de 15 andares; ou que se casar é passar um atestado de demência. Seria completamente inaceitável, por mais que grande parte da população achasse, com razão, que essas comparações ou afirmações são extremamente ofensivas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>